Durante uma entrevista para um cargo de gerente em uma empresa de pesquisa e desenvolvimento, um norte-americano atendeu o celular e escreveu e mandou mensagens de texto pelo aparelho. Ele perdeu a vaga, mas ele tinha boas chances caso não tivesse conversado durante um minuto pelo telefone.

Candidatos com atitudes pouco apropriadas para uma entrevista de trabalho estão chamando a atenção de recrutadores e selecionadores dos EUA.

O vice-presidente da Associação de Políticas de RH, Jaime Fall, reitera que a entrevista de trabalho ainda é um ambiente tradicional.

Mas ele tem notado que uma postura pouco condizente com esse momento tem se tornado mais comum nos últimos três anos.

Ele sugere aos recrutadores que dispensem os candidatos que apresentam esse tipo de comportamento, mesmo que sejam tecnicamente bons ou promissores.

Há outros exemplos de comportamentos canhestros. Por exemplo, um homem com mais de 25 anos trouxe o pai para uma entrevista de 45 minutos em uma fábrica.

O pai de uma recém-formada ligou para a empresa que a contratou para pedir um salário mais alto.

Uma universitária levou o gato para uma entrevista em que pretendia conseguir uma vaga de compradora em uma varejista de roupas.

Fonte: Folha.com

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários