Movimentação no drive-thru da vacina, no estádio Limeirão, em Limeira (SP), nesta terça-feira (15). Pessoas com idades a partir de 55 anos começaram a ser vacinadas contra a covid-19. Além desse grupo, pessoas com comorbidades, motoristas de ônibus do transporte público municipal e funcionários da saúde seguem sendo vacinados. — Foto: ROBERTO GARDINALLI/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Foram aplicadas quase 19 milhões de 1º dose e 6,1 milhões de segunda. Cerca de 18% dos paulistas adultos já estão completamente imunizados no estado, com duas doses ou a vacina de dose única. A cidade de SP iniciou nesta quarta (30) a imunização de pessoas com 42 e 43 anos.

O estado de São Paulo ultrapassou na manhã desta quarta-feira (30) a marca de 25 milhões de doses aplicadas das vacinas contra a Covid-19, segundo balanço do “vacinômetro” da Secretaria Estadual de Saúde atualizado até as 15h30.

De acordo com os dados, foram aplicadas 25.280.926 doses, sendo 18.922.554 da primeira dose e 6.178.274 da segunda dose da imunização, além de 180.462 pessoas que receberam a dose única da vacina da Janssen.

Segundo o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), cerca de 53% da população tomou ao menos uma dose e outros 18% já estão completamente imunizados no estado, com duas doses ou a vacina de dose única.

“São Paulo atingiu 53% da população adulta já vacinada com pelo menos uma das doses. São mais de 18 milhões de pessoas da população adulta com mais de 18 anos. 18% dessa população já está completamente imunizada com duas doses ou a vacina de dose única. Os números representam o esforço, o planejamento, a estratégia e a logística de imunização do estado de São Paulo”, comemorou o governador paulista.

O estado tem cerca de 44 milhões de pessoas. Desde o dia 2 de fevereiro, a ferramenta criada pelo governo paulista para divulgar os dados também mostra a contagem para cada município.

Enfermeira aplica vacina em São Paulo com vacinômetro ao fundo. — Foto: Divulgação/GESP

Em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta (30), João Doria acusou o Ministério da Saúde de reter 678 mil doses da vacina da Janssen que deveriam ser distribuídas para São Paulo.

O ministério, no entanto, explicou que aguarda aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para começar a distribuição do último lote de vacinas da Janssen para os estados.

Doria pediu a “imediata liberação de 678 mil vacinas da Janssen que estão estocadas no depósito” e declarou que o lote está parado desde 25 de junho.

“Faço isso em nome de todos os governadores dos estados brasileiros, porque essas vacinas da Janssen foram doadas pelo governo norte-americano para o Brasil, chegaram no Aeroporto Internacional de Viracopos na sexta-feira. Nós estamos no dia 30 de junho, e elas ainda não foram distribuídas pro sistema nacional de imunização”, disse Doria.

O governador João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta-feira (30) — Foto: Divulgação/Secom/GESP

Em nota, o Ministério da Saúde declarou que “aguarda liberação dos lotes pela Anvisa”. “A expectativa é de que a liberação seja realizada ainda hoje para que a distribuição seja feita em até 48 horas”, disse a pasta.

As doses foram doadas pelo governo dos Estados Unidos para o Brasil e entregues na sexta (25) e no sábado (26).

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/video/calendario-veja-as-novas-datas-de-vacinacao-contra-a-covid-em-sp-9600165.ghtml

Calendário

A cidade de São Paulo iniciou nesta quarta a vacinação contra a Covid de pessoas com 42 e 43 anos.

Em 15 de junho, a prefeitura lançou o Filômetro, página online que mostra a situação de espera nos postos de vacinação contra a Covid que estão em funcionamento na capital.

Toda a rede de postos estará em operação para a vacinação: as 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs); megapostos com acesso a pedestres, postos que funcionam exclusivamente em sistema drive-thru e a rede de farmácias parceiras.

A vacina também está disponível nas AMAs/UBSs Integradas, unidades do Serviço de Atenção Especializada (SAE) e nos Centros de Saúde. (Veja a lista completa dos endereços)

Drive-thru instalado no Memorial da América Latina registrou fila no início da tarde desta quarta (21) — Foto: Reprodução/TV Globo

Todas as pessoas que integram os públicos da campanha podem acessar o site Vacina Já para confirmar o pré-cadastro.

Essa etapa também pode ser feita pelo aplicativo WhatsApp. Para preencher o formulário, é necessário mandar uma mensagem para o número: (11) 95220-2923.

Fonte: G1 Globo

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários