Foto: Reprodução

Seguro Desemprego 2018 é um benefício de fundamental importância para os trabalhadores brasileiros. Isto porque é meio pelo qual o trabalhador sustentará sua família enquanto não é admitido novamente no mercado de trabalho. Nos últimos anos, o Seguro Desemprego sofreu algumas alterações em suas regras.

O que é Seguro Desemprego?

O Seguro Desemprego é disponibilizado pelo Governo Federal para os trabalhadores que perderam seu emprego e precisam de um auxílio temporário. Esse benefício é muito importante, pois garante ao cidadão uma segurança financeira enquanto ele não consegue se restabelecer profissionalmente.

O Seguro Desemprego foi previsto na constituição de 1946, mas o seu direito só entrou em vigor 40 anos depois, em 1986, pela responsabilidade do presidente da república José Sarney. Esse benefício vem sendo de grande importância no país por conta da instabilidade financeira.

Mas, devemos lembrar que somente os trabalhadores que foram demitidos sem justa causa podem receber o Seguro Desemprego, e se você mesmo solicitou sua demissão, também não haverá o pagamento do benefício.

Novas Regras: Seguro Desemprego 2018

Em 2015, com o objetivo de cortar despesas e aumentar significativamente a arrecadação mediante o cenário de recessão econômica, o Governo Federal propôs novas regras do seguro desemprego. Essas regras atingiram principalmente às pessoas que estão tentando conseguir o seguro desemprego 2018 pela primeira vez.

Antes da reformulação das regras do seguro desemprego, o trabalhador poderia requerer o benefício após seis meses de trabalho consecutivos. Além disso, passou-se a exigir em muitas cidades, o agendamento prévio do seguro desemprego, para evitar as filas nos postos de atendimento do ministério do Trabalho.

  • Com a nova regra, é necessário que o trabalhador exerça atividade remunerada por 12 meses para pedir a primeira vez.
  • Já para pedir a segunda, é necessário trabalhar por 9 meses.
  • Para solicitar a terceira vez, é fundamental que trabalhe por, no mínimo, seis meses.

Quem tem direito ao Seguro Desemprego

Para que você possa solicitar o Seguro Desemprego é necessário que se enquadre em alguns requisitos, por isso, nem todos os desempregados terão direito a esse benefício. Confira quais os requisitos a serem seguidos:

  • É necessário um intervalo de 16 meses entre a solicitação de um e outro Seguro Desemprego;
  • Os trabalhadores rurais precisam ter tido 15 meses trabalhados com carteira assinada nos últimos dois anos.
  • Não ser sócio ou ter participação nos lucros terceiros da empresa;
  • Ter tido tempo mínimo de carteira assinada necessário para a solicitação;
  • Ter sido demitido sem justa causa;
  • Não estar recebendo nenhum benefício previdenciário de prestação continuada;
  • Ter os 12 meses de trabalho devidamente remunerados pelo empregador desde o primeiro mês de trabalho;
  • Não estar usufruindo de nenhum tipo de auxílio-desemprego, exceto o auxílio-acidente e a pensão por morte;
  • Não possuir nenhuma renda que seja capaz de o sustentar e a sua família.

Valor do Seguro Desemprego

Para saber o valor do seguro desemprego, o trabalhador precisa realizar alguns cálculos simples que mostraremos abaixo. Lembrando que o cálculo da parcela do seguro desemprego depende da faixa salarial do emprego no qual foi demitido.

  • Até R$ 1.360,70: multiplica-se salário médio por 0.8 (80%)
  • De 1.360,71 até R$ 2.268,05: multiplica-se por 0.5 (50%) e soma-se a 1.0088,56
  • Acima de R$ 2.268,05: O valor da parcela será de R$ 1.542,24 invariavelmente.

Consulta ao Seguro Desemprego

Não é mais preciso ir até uma agência da Caixa Econômica Federal realizar a consulta ao seguro desemprego. Com o mundo cada vez mais conectado, essa consulta pode ser feita diretamente na internet. Basta apenas seguir as instruções abaixo:

  1. Acesse o site da Caixa Econômica, mais especificamente à área de consulta ao seguro desemprego, pelo endereço eletrônico: https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01.
  2. Preencha os campos requeridos no formulário de login, como o número de inscrição social (NIS) e a senha internet (a senha de acesso para consulta benefício ao site da Caixa).
  3. Por fim, o beneficiário deverá clicar no botão “OK”. Caso todas as informações estejam corretas, você será redirecionado à consulta ao seguro desemprego.

Agendamento Seguro Desemprego pela Internet

Em alguns locais é obrigatório o pré-agendamento do Seguro Desemprego, para que assim haja uma melhor organização para a retirada do benefício. Confira abaixo como realizar esse agendamento:

  1. Entre no site do Sistema de Atendimento Agendado – SSA
  2. Informe os campos solicitados, como “Estado”, “Município”, Tipo de Atendimento e “Código de Segurança”;
  3. Clique em “Prosseguir”.

Depois de realizar  o processo acima, irá abri uma nova guia, na qual será necessário informar outros dados, como:

  • CPF;
  • Data de Nascimento;
  • Telefone para Contato;
  • Agora clique em “Prosseguir”.

Agora serão informados a data, horário e local para que você realize a solicitação do Seguro Desemprego.


Como Receber o Seguro Desemprego

Para receber o Seguro Desemprego, o trabalhador deverá ir até à uma agência do Sistema Nacional de Emprego (SINE), Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, Ministério do Trabalho. Em algumas dessas agências, o atendente irá analisar se você se enquadra nas diretrizes necessárias para receber este seguro. Caso seja aprovado, o trabalhador poderá receber este seguro numa conta Poupança ou também Conta Corrente da Caixa.

É importante ter em mente que o seguro desemprego só poderá ser recebido numa agência da Caixa Econômica Federal. Ou seja, o trabalhador poderá receber na própria agência da Caixa, correspondente Caixa Aqui e também lotéricas conveniadas a CEF. Mas, é preciso que esteja portando o Cartão do Cidadão juntamente com a senha cadastrada.

Fique ligado ➜ Governo divulga novos valores do seguro desemprego 2019.

Caso você não possua o seu cartão cidadão ainda, basta ir até uma agência da Caixa Econômica Federal e solicitar o mesmo de forma gratuita, o recebimento do cartão demora cerca de 30 dias para ficar pronto.

Com ele em mãos, vá ao caixa eletrônico de uma agência conveniada, desbloqueie-o e realize o saque do seu benefício.

Lembre-se que após ser demitido, o cidadão terá de 7 a 120 dias para dar entrada no Seguro Desemprego, já em caso de trabalhadores domésticos, esse prazo é de até 90 dias.


Documentos Necessários para Solicitar o Seguro Desemprego

Ao verificar o regulamento, e estar dentro de todos critérios para participar do programa, você deve solicitar o Seguro Desemprego em um posto de atendimento do Ministério do Trabalho, nesse ato você deve ter em mãos os seguintes documentos:

  • RG e CPF;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de Residência;
  • Carta de Demissão e Homologação;
  • Título de Eleitor.

Cálculo e Tabela do Seguro Desempego 2018

Para definir o valor das parcelas do Seguro Desemprego, diversos fatores são levados em consideração, por isso, nem todos os trabalhadores receberão a mesma quantia. Continue lendo e entenda melhor como funcionam as parcelas do Seguro Desemprego.

Fazem toda a diferença na hora do cálculo informações como as seguintes:

  • A quantidade de meses trabalhados antes do requerimento do benefício;
  • O valor dos últimos três salários do trabalhador;
  • Se o trabalhador teve ou não acesso ao Seguro nos últimos 36 meses.

Se o trabalhador estiver dentro das regras do Ministério do Trabalho e da Caixa Econômica Federal, ele continuará recebendo o PIS, mesmo sendo beneficiado pelo Seguro Desemprego 2018.

Ainda não foi divulgado o calendário do Seguro Desemprego 2018, então confira o de 2017 abaixo:

tabela-valor-seguro-desemprego

Através da tabela o trabalhador pode ter informações sobre os valores e realizar o cálculo de quanto irá receber.

Todo o ano o valor do Seguro Desemprego é reajustado a partir do salário mínimo vigente, levando também em consideração o valor médio dos últimos três meses de renda do trabalhador.

A partir das novas regras o trabalhador irá receber de 3 a 5 parcelas, isso irá depender da quantidade que já foi pedido o auxílio e também da quantidade de meses com a carteira assinada.


Quanto Recebe o Trabalhador Doméstico?

Os trabalhadores domésticos que antes não possuíam direito algum, agora estão conquistando o seu espaço. Esses trabalhadores terão direito de receber o valor do salário mínimo de acordo com a época do pedido.

Mas, devemos lembrar que só poderá receber o benefício caso não esteja trabalhando de carteira assinada, nem recebendo algum outro benefício procedente da Previdência Social.


Aplicativo Seguro Desemprego 2018

Agora de maneira super prática e fácil é possível ficar por dentro de todas informações sobre o seu benefício com poucos cliques. Com o Aplicativo Seguro Desemprego você pode consultar parcelamentos, extratos e agências próximas a você.

Se você estiver ainda com dúvidas em relação ao seu benefício, basta acessar a opção “Perguntas Frequentes” e solucionar seus problemas.

Para realizar o download do aplicativo basta:

  • Acessar a loja de aplicativos do seu celular e buscar por “Caixa Trabalhador”.
  • Agora clique em “instalar”;
  • Aceite os termos de uso e as condições;
  • Abra o APP e digite o seu número do NIS;
  • Clique em “Acessar”.

Assim, você já pode solucionar os seus problemas e as pendências sobre seu benefício e ficar por dentro de tudo sobre o Seguro Desemprego 2018.

Se mesmo depois de acessar o aplicativo você possuir dúvidas não se preocupe, basta ligar para a central de atendimento da Caixa pelo seguinte número: 0800 726 0101.

Fonte: SeguroDesemprego

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários