Reprodução: ACidade ON McDonald's fecha temporariamente restaurantes na Rússia

Empresa afirma que continuará pagando o salário dos 62 mil funcionários enquanto as lojas estão fechadas

O McDonad’s anunciou nesta terça-feira (8) que está suspendendo suas operações na Rússia. Com isso, todas as lojas no país serão fechadas como resposta a invasão do regime de Vladmir Putin à Ucrânia. A empresa afirma que continuará pagando o salário dos 62 mil funcionários enquanto as lojas estão fechadas.

A suspensão das atividades afetará os 850 restaurantes espalhados pelo território russo. “Os nossos valores não nos permitem ignorar o sofrimento humano que se vive na Ucrânia”, justificou Chris Kempckinski, CEO do McDonald’s.

Após mais de 30 anos operando, a rede de restaurantes vinha enfrentando muitas pressões de consumidores sobre um posicionamento do conflito na Rússia. “O McDonald’s decidiu fechar temporariamente todos os nossos restaurantes na Rússia e pausar todas as operações no mercado. Entendemos o impacto que isso terá em nossos colegas e parceiros russos”, diz um trecho do comunicado.

Sem previsão para reabrir por conta da invasão de tropas russas na Ucrânia, a empresa relata a quebra na cadeia de suprimentos juntamente com outros impactos operacionais. “À medida que avançamos, o McDonald’s continuará a avaliar a situação e determinar se são necessárias medidas adicionais. Neste momento, é impossível prever quando poderemos reabrir nossos restaurantes na Rússia. Estamos passando por interrupções em nossa cadeia de suprimentos, juntamente com outros impactos operacionais. Também acompanharemos de perto a situação humanitária”.

L’Oreal e Uniliver também deixam Rússia

Também nesta terça-feira, a gigante de cosméticos L’Oreal anunciou que fechará temporariamente suas unidades, próprias ou dentro de lojas de departamentos, assim como seus sites para comércio na Rússia.

“Condenamos veementemente a invasão russa e a guerra na Ucrânia, que está causando tanto sofrimento ao povo ucraniano”, disse a empresa francesa em comunicado.

A maior empresa de cosméticos do mundo também disse que suspenderia todos os investimentos de mídia industrial e nacional na Rússia e considera tomar medidas adicionais referente aos seus 2.200 funcionários no país.

Na Ucrânia, a L’Oreal tem 326 funcionários. A maioria permanece no país em “condições cada vez mais insuportáveis”, segundo relataram.

Fonte: https://economia.ig.com.br/2022-03-08/mc-donalds-restaurantes-russia.html

Cadastre ou atualize seu currículo na Curriculum: https://www.curriculum.com.br/01_10.asp

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários