O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou há pouco que o Brasil está com a taxa de desemprego em seu mínimo histórico. “A economia brasileira ainda vem gerando postos de trabalho, foi o que vimos nos dados do Caged de fevereiro. Foram mais de 260 mil empregos criados, ainda que tenha a questão sazonal, com Carnaval.” Ele disse, ainda, que o Brasil cresce a uma taxa de 2% e que o mercado de trabalho ainda estará aquecido à frente.

Tombini também afirmou que o déficit em conta corrente brasileiro se estabilizou nos últimos anos em 3,6% do PIB e disse que as perspectivas à frente são de estabilidade, com expectativa de recuo nos próximos meses. O presidente do BC explicou que 80% do déficit em conta corrente é financiado pelo Investimento Estrangeiro Direto (IED). “É um cenário confortável”, afirmou.

Segundo ele, é natural que o Brasil absorva mais poupança externa. Tombini afirmou que a média histórica de absorção da poupança externa é de 2% do PIB e que agora o País caminha para uma taxa ao redor de 3%.

A presidente Dilma Rousseff chegou à reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o chamado “Conselhão”, durante o discurso de Alexandre Tombini, enquanto ele falava sobre o déficit em conta corrente. Ela estava acompanhado do vice, Michel Temer.

Fonte: Estado de Minas Online

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários