Era uma vez um homem bastante rico, próspero e sábio.

Vendo que sua idade já estava avançada começou a se preocupar com quem o sucederia como líder de sua família e se indagou sobre como reconhecer, dentre seus filhos, qual deveria sucedê-lo.

Sábio como era, pensou e logo compreendeu que havia uma forma de descobrir qual dos filhos deveria sucedê-lo.

Com este teste em mente, foi até um de seus filhos e disse:

– Querido filho número 1, vá até os mercadores do norte e compre azeitonas para os nossos próximos três meses.

O filho número 1 ouviu e o atendeu prontamente, em pouco tempo estava de volta e disse:

– Meu pai, fui até os mercadores do norte e eles têm azeitonas verdes graúdas e verdes normais. Têm também azeitonas pretas e roxas. Quais destas devo comprar?

O pai respondeu então ao filho número 1:

– Muito obrigado, meu filho, não precisa mais se preocupar, deixe que agora eu resolvo isso.

Ele se dirigiu então ao seu segundo filho e disse:

– Querido filho número 2, por favor, vá até os mercadores do leste e compre azeitonas para os nossos próximos três meses.

O filho número 2 ouviu e o atendeu prontamente. Em pouco tempo ele também estava de volta e disse:

– Meu pai, eles têm azeitonas verdes graúdas e verdes normais. Têm também azeitonas pretas e roxas. Optei comprar as pretas e aqui estão elas, em quantidade suficiente para os nossos próximos três meses.

O pai respondeu então ao filho número 2:

– Muito obrigado, meu filho, por ter cumprido a tarefa que lhe foi dada.

Mas o pai ainda tinha mais um filho e, dirigindo-se a este último, disse:

– Querido filho número 3, por favor, vá até os mercadores do sul e compre azeitonas para os nossos próximos três meses.

O filho número 3 ouviu e também atendeu seu pai prontamente. Em pouco tempo estava de volta e disse:

– Querido pai, antes de sair, fui até as nossas mulheres e tomei conhecimento de quais azeitonas mais utilizávamos e para que fim. Aprendi que utilizamos as verdes para fazer azeite e as pretas e roxas para cozinhar. Soube ainda, que temos azeite para mais de dois meses. Conversei bastante com a Esther, responsável hoje pela compra das azeitonas e compreendi bem nossas necessidades e costumes de compra.

Com isso em mente, fui até os mercadores do sul, conforme me pediu e percebi que eles têm azeitonas verdes graúdas e verdes normais. Têm também azeitonas pretas e roxas. Mas fui também até os mercadores do norte bem como no do leste, comparei os preços e a qualidade das azeitonas e percebi que a qualidade e preços das azeitonas pretas dos mercadores do norte eram os melhores dos três. Percebi ainda, que as azeitonas roxas estavam muito caras nos três mercadores, porque estamos totalmente fora de época para este tipo de azeitona. Soube também, que daqui a apenas um mês começará a estação de colheita das azeitonas verdes.

Sabendo das nossas necessidades, não comprei azeitonas roxas por estarem fora de época e muito caras, mas trouxe azeitonas pretas para os próximos três meses e, as comprei dos mercadores do norte, pois eram os que tinham as melhores azeitonas no melhor preço. No entanto, entendo que devo voltar daqui a um mês para comprar azeitonas verdes, quando estarão na sua época e com melhor preço e qualidade.

O pai respondeu então ao filho número 3:

– Muito obrigado, meu querido filho, e meus parabéns por sua atitude!

Desta forma o velho sábio terminou seu intento em paz, pois já soube em seu coração qual dos filhos o sucederia e sem dúvida seria o filho número 3!

Esta ilustração mostra de forma clara, três tipos de colaboradores que temos nas empresas.

O filho número 1 é aquele colaborador que, ao receber uma tarefa, não só não a resolve como volta para o seu gestor com outro problema.

O filho número 2 é aquele colaborador que faz apenas o que lhe pede, nada além e para por aí.

Já o filho número 3 é aquele colaborador que não só ouve e compreende o que lhe foi pedido, mas compreendendo o cenário total e o desejo do seu gestor vai além, mas sempre agindo dentro do escopo do que lhe foi pedido, tenta compreender todo o cenário, buscando sempre a melhor solução e, agindo de maneira proativa, faz o que lhe foi pedido da melhor maneira possível.

Este “filho número 3” é o tipo de colaborador que toda empresa deseja ter hoje em dia. Em tempos modernos, em que o diferencial competitivo está cada vez mais nas pessoas, colaboradores como o “filho número 3” podem significar a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma empresa.

E então, que filho você é?

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários