O mercado financeiro é um campo de atuação concorrido e que atrai estudantes e egressos de diversos cursos. Por mais que seja comum encontrar na área engenheiros e administradores, não são raros os casos de médicos, historiadores ou até mesmo químicos que fizeram carreira no mundo dos investimentos. Isso porque, por mais que cursos tradicionais em universidades prestigiadas acabem contando pontos, o que os recrutadores realmente buscam na hora de contratar é um perfil específico de profissional.

Entrevistamos líderes das maiores empresas financeiras do país para descobrir com detalhes o que eles buscam nesse jovem profissional. Se você quer fazer parte do time dos grandes bancos, fundos e gestoras do país, confira as dicas a seguir:

Jorge Paulo Lemann, fundador do Banco Garantia e empresário do 3G Capital: “Eu sempre olho para o que a pessoa já fez de diferente, mesmo aos 20 anos”

Pedro Moreira Salles, presidente do conselho administrativo do Itaú Unibanco: “Eu quero saber a história pessoal do jovem”.

Florian Bartunek, CIO da Constellation Investimentos: “Só ler Valor e uma revista de negócios não é o suficiente”

José Berenguer, presidente do JP Morgan Brasil: “O currículo não é determinante”

Fersen Lambranho, diretor da GP Investiments:“Queremos o jovem com cabeça de velho, que pense a longo prazo”

Fonte: Exame.com 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários