Antes de falar do novo processo de recolocação profissional que a Curriculum propõe, vamos relembrar rapidamente o processo que funcionou até os dias de hoje.

  1. Construção do currículo
  2. Procurar vagas compatíveis ao seu perfil profissional e enviar currículos
  3. Divulgação do currículo para amigos e conhecidos
  4. Ser chamado para entrevistas presenciais
  5. Contratação

No entanto, como já percebemos que com o novo sistema oferecido pela Curriculum as empresas pesquisam cada vez mais e anunciam suas vagas cada vez menos, o processo tradicional sofrerá algumas mudanças.

A primeira grande mudança é que, a partir de agora, você não vai cadastrar seu currículo apenas na hora em que estiver procurando emprego. O ideal é que você cadastre seu currículo quando ainda está na escola, assim que estiver pensando em ingressar no mercado de trabalho.

Seu currículo terá pouca informação, mas com o passar do tempo você irá completá-lo. Por exemplo, assim que arrumar um emprego, você irá colocar lá seu emprego e deixará como “Empregado”. Concluiu a Faculdade? Volte no seu currículo e complete esta informação. Mudou de endereço ou trocou de telefone?  Vá até seu currículo e atualize seus dados de contato. Fez um curso, começou uma Pós, arrumou um novo emprego? Volte novamente no seu currículo e insira estas novas informações. Ou seja, você estará fazendo seu currículo durante toda a sua vida, deixando-o sempre atualizado. Desta forma, toda vez que uma empresa precisar de um profissional com o seu perfil, você poderá ser encontrado e poderá ser convocado para uma entrevista. Afinal, nunca se sabe quando poderá aparecer uma oportunidade melhor do que a atual, não é mesmo?

Mas vamos agora entender agora o que acontece quando uma empresa está em busca de um candidato no sistema da Curriculum:

  1. Em primeiro lugar ela preenche filtros de pesquisa, como por exemplo: Objetivo Profissional, localidade, se está ou não empregado, experiências, formação, cursos, dentre vários outros, de acordo com os requisitos da vaga. São mais de 60 campos que a empresa pode utilizar. Ao preencher um destes campos, ela está focando e reduzindo o número de currículos que aparecerão nos resultados da pesquisa, mas cada vez mais dentro do perfil desejado.
  2. A pesquisa estando concluída e o resultado estando dentro do desejado pela empresa, ela passa para a próxima etapa, que é visualizar os currículos. Como nos resultados de uma pesquisa no Google, no sistema da Curriculum os currículos são ordenados por relevância e ordena-os de forma a colocar nas primeiras posições os currículos mais recentemente atualizados e mais bem preenchidos.
  3. Assim como no Google, a empresa tende a ver os primeiros currículos que aparecem no resultado da pesquisa e, muitas vezes, se contenta com o universo inicial de currículos. Em média uma empresa vê de 20 a 30 currículos. Os currículos que estão além desta posição, correm o risco de não serem sempre visualizados.
  4. Vendo o currículo, a empresa pode se interessar pelo candidato e desejar entrar em contato com ele. Nesta hora, ela deverá dar mais um clique para ter acesso aos dados de contato do candidato.

Daí para frente a interação entre empresa e candidato ocorre fora do nosso sistema, mas, até aqui, soubemos tudo o que aconteceu, monitoramos e geramos relatórios para nossos candidatos sobre todos estes movimentos através do Consultor Virtual.

Agora que você sabe como a empresa utiliza nosso sistema, saberá compreender melhor os passos que ficam do lado do candidato.

1. Cadastro de Currículo:

Em primeiro lugar você cadastra seu currículo em nosso sistema. É importante atingir o índice de 100% de cadastramento para você participar o máximo possível das pesquisas. Aqui é importante cadastrar objetivos profissionais similares ao que você está procurando, pois, muitas vezes, as empresas buscam candidatos por nomes diferentes, mas similares e você só constará no resultado da pesquisa se a empresa buscou um candidato exatamente com o mesmo nome no objetivo profissional. Coloque também todas suas experiências profissionais, e todas as suas qualificações, principalmente as relacionadas à informática. Então, o primeiro passo é ter seu currículo constando nos resultados das pesquisas e você consegue isto preenchendo-o completa e corretamente.

2. Constar no topo das pesquisas de currículos:

O segundo objetivo é trazê-lo para as primeiras posições, pois o seu desejo é que o seu currículo seja visto. Desta forma, se ele estiver numa posição muito elevada, isto significará que ele está lá no fim da lista de buscas e as chances de você ser visto é bem pequena. Então, seu objetivo é trazê-lo para as primeiras posições. Você pode fazer isso atualizando-o regularmente e completando o preenchimento, pois o sistema da Curriculum ordena os currículos por data de atualização e por porcentagem de preenchimento. No entanto, se a concorrência estiver muito forte, há ainda a possibilidade de você investir um pouco e buscar sempre as primeiras posições.

3. Ter um currículo atraente:

Bem, o terceiro ponto agora é chamar a atenção do selecionador. Ele está agora lendo o seu currículo. Será que ele está atraente o suficiente para despertar o interesse do selecionador em chamá-lo para uma entrevista? Para isso você precisa ser criterioso na hora de fazer seu currículo. Muito cuidado com erros de português e de prolixidade. Lembre-se que o selecionador tem pouco tempo e ele irá dedicar apenas alguns segundos no seu currículo. Se o seu currículo for atraente ele poderá gastar mais tempo e até mesmo se interessar para conhecê-lo pessoalmente. Este é o seu terceiro objetivo, que seu currículo desperte o interesse do selecionador para uma entrevista presencial.

4. Passar na entrevista:

Agora, nesta última etapa, é você e o(s) selecionador(es). Aqui o sistema da Curriculum não pode ajudar mais, mas temos o Manual da Recolocação Profissional que dá inúmeras dicas sobre como se portar em entrevistas de emprego. Também há o WebVeca , uma ferramenta que traça o perfil das suas competências e pode fazer um paralelo com o perfil da vaga que você está buscando. Com este instrumento você poderá conhecer melhor quais as competências que são esperadas para o cargo e como você está em cada uma delas. Essas e outras ferramentas você encontra clicando aqui.

Este é o passo a passo da busca por um novo emprego, dentro do sistema da Curriculum. Agora, toda vez que você logar em nosso sistema, você compreenderá melhor aquelas barras que ficam do lado direito da tela. Elas mostram a efetividade do seu currículo:

1. Quantas vezes seu currículo esteve no resultado de buscas de candidatos

2. Quantas vezes seu currículo foi visualizado (e a relação entre estas duas situações)

3. E quantas vezes seu currículo despertou interesse (e a relação entre esta situação e a anterior)

É muito importante que você compreenda corretamente este processo, pois este é o novo processo que irá te auxiliar a conseguir seu novo emprego.

A Curriculum oferece oferece vários números para o candidato acompanhar o desempenho do currículo no site, tais como:

  • Participação em buscas de candidatos
  • Visualizações do currículo
  • Efetividade entre buscas e visualizações
  • Visualizações perdidas
  • Posição média nos resultados das buscas
  • Média de concorrentes
  • Interesses em contato
  • Visualização versus interesses em contato
  • Índice de efetividade

Ao se cadastrar na Curriculum, acompanhe seus números no site para monitorar e otimizar seu currículo. Assim ele terá uma boa performance dentro do sistema. 

Boa sorte

😉

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
2

Comentários

comentários