Estudo revelou que os profissionais não desgrudam dos seus smartphones e netbooks, com 58% declarando que estarão atuando num ritmo reduzido

Uma pesquisa realizada pela Regus revelou que 51% dos brasileiros quando saem de férias não conseguem relaxar porque continuam trabalhando. De acordo com o estudo, apesar de não estarem fisicamente na empresa, eles ficam mais de três horas por dia envolvidos com as atividades profissionais.

O levantamento revelou também que os profissionais não desgrudam dos seus smartphones e netbooks, com 58% declarando que estarão atuando num ritmo reduzido, enviando e-mails, fazendo ligações, mesmo de folga.

Para o diretor-geral da Regus no Brasil, Guilherme Ribeiro, isso pode ser explicado pelos avanços tecnológicos. “Os funcionários estão sempre conectados e é muito fácil cair na tentação de checar e-mails e finalizar tarefas”.

Ele acredita que é papel das empresas buscar maneiras de aumentar a eficiência e a produtividade para evitar que seus colaboradores levem tarefas para serem concluídas em casa. Uma opção é aumentar a flexibilidade, o que possibilita a redução do tempo de deslocamento entre casa e trabalho, por exemplo. “As empresas podem propiciar aos seus colaboradores o privilégio de realmente se desligarem do mundo profissional durante a folga”.

Importância de tirar férias

Mas não basta somente as empresas fazerem a sua parte. Os profissionais devem se conscientizar de que é fundamental se desligar da empresa durante o período de folga. Isso, porque além de estreitar os laços com familiares e relaxar, a pessoa que realmente descansa durante as férias se torna mais saudável.

“Estudos mostram que a mente estressada é o terreno ideal para gerar ansiedade. É importante que os profissionais tirem uma folga para descansar e realmente se desliguem do ambiente corporativo”, finaliza Ribeiro.

Fonte: Administradores

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários