Adiar a entrega de uma tarefa ou falar que não tem proposta para resolver um problema são reações que podem atrapalhar sua carreira

Imagem 17 - Blog

Por Paula Pacheco

Faltam cinco minutos para você desligar o computador e encerrar o expediente. Seu chefe vai até sua mesa e pede o relatório das vendas do mês passado que ele não consegue encontrar. Você explica que já está de saída e que pela manhã faz o levantamento. Certo? Não, resposta errada. Esta é uma daquelas situações em que vale a pena ficar meia hora além do horário normal de trabalho.

Há frases e comportamentos que podem comprometer a carreira. Não que você deva ficar disponível dia e noite para as tarefas profissionais, mas estar pronto para um pedido de última hora pode ajudá-lo a ganhar pontos na hora da avaliação do chefe antes de uma promoção, explicam os especialistas em Recursos Humanos e coach.

“Aquele funcionário que nunca está disponível pode começar a ser mal visto pelo chefe, que prefere os colaboradores mais disponíveis, mais comprometidos”, avalia Simone Leon, diretora de Gestão de Carreiras e Talentos da Right Management. “A maioria dos gestores espera que você se mostre aberto a cooperar”.

Ainda segundo a especialista, a cultura do ambiente corporativo no Brasil dá alguns sinais de mudança. Isso porque, explica Simone, a nova geração que chega ao mercado de trabalho começa a impor um comportamento diferente, principalmente quanto às tarefas dadas pelo chefe que levam o profissional a estender a jornada de trabalho.

“A nova geração impõe o desafio maior de equilibrar a vida profissional e pessoal”, diz. Mas por enquanto vale a regra de não fazer cara feia quando pedem uma tarefa importante perto do fim do expediente.

Use bem o tempo no trabalho

A receita ideal é aproveitar da melhor forma possível o tempo de expediente, com o foco nas tarefas e evitando se dispersar, por exemplo, com bate-papo nas redes sociais ou ao telefone.

“Não estar disponível para quando o chefe precisa pode ser um problema, mas ficar no trabalho muito além do expediente não necessariamente é um sinal de que você está comprometido com a empresa. Pode ser um indicativo de que você passou o dia perdendo tempo com outras atividades sem relação com o trabalho”, lembra a diretora da Right Management.

Não dê desculpas, encontre soluções

Henri Fernandes Cardim, da HFC Consultoria e Treinamento, defende que o funcionário passe confiança ao chefe quando receber uma tarefa. Nada de dizer que é difícil ou que não sabe como fazer. “Mostre-se focado naquilo e procure respostas. Lembre-se que o empregador paga por aquilo, pela solução de problemas.”

Ainda segundo o especialista, um dos piores comportamentos, na visão de um chefe, é quando o funcionário começa a conversa com justificativas para explicar a razão de não conseguir executar um trabalho. “As empresas precisam de respostas, não de desculpas”, alerta Cardim.

Para o especialista, os chefes também esperam que sua equipe tenha bons ouvintes, que saibam se colocar na posição dos colegas de outros departamentos, do presidente da empresa e até dos acionistas. “Isso dá ao profissional uma visão mosaica e faz com que ele comece a entender o papel do outro na corporação. Ao final deste processo, ele não dirá mais ‘lá, na empresa tal’, mas sim ‘nós, na empresa tal’. O papel do profissional deve ser colaborativo”, salienta .

Cardim lembra ainda que é importante para o chefe saber que o seu grupo conhece a cultura da empresa. Com essa informação, o funcionário terá mais clareza de até onde pode ir nas suas atividades.

Para os chefes, também é relevante saber que seus funcionários estão fazendo investimentos pessoais, como um curso voltado ao trabalho até frequentar uma academia. Se isso pode melhorar a vida do funcionário, pode ter reflexo positivo na sua vida profissional, com aumento de criatividade e mais disposição e conhecimento para resolver problemas e apresentar propostas.

O que seu chefe espera ouvir de você:

1) “A tarefa foi dada. Fique tranquilo que será cumprida. Estou acostumado a pressões”

2) “Surgiu um problema, mas tenho algumas ideias para resolvê-lo”

3) “Conheço a cultura da empresa e sei até onde podemos ir em uma negociação”

4) “Procuro me colocar no lugar do chefe, dos colegas de outras areas e até dos acionistas”

5) “Estou pensando em todas as possibilidades para reduzir os riscos”

 O que você deve evitar dizer ao chefe:

1) “Depois do feriado eu entrego o que você me pediu”

2) “Não consegui resolver o problema”

3) “Isto não faz parte das minhas atribuições”

4) “Já está quase no meu horário e não posso fazer isto agora. Resolvo amanhã”

5) “Desculpe-me, mas não me preparei para a reunião”

Fonte: iG

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários