Eduardo Shinyashiki

Além dos tradicionais presentes, o Dia dos Pais é uma data em que a reflexão é muito bem-vinda. Afinal, é sempre importante pensar na relação entre pais e filhos, já que ela influencia diretamente muitos fatores de nossas vidas, como a forma de enxergamos o mundo e reagimos aos estímulos externos. Neste ano, especialmente, que tal pensarmos sobre uma frase que muitos de nós já ouvimos um dia: “Quando crescer seja igual ao seu pai”?

Quando era pequeno, passava muitas tardes na companhia do meu pai, um excelente farmacêutico, em seu trabalho. Por conta da paixão pelo que fazia e da dedicação aos clientes, era comum que ele recebesse agradecimentos calorosos que, às vezes, terminavam com pedidos para que eu seguisse seus passos quando crescesse. Ao notar este fato, ele aguardava a pessoa deixar o local para me dizer, carinhosamente, algo que parecia não ter muito sentido: “Quando crescer, seja você mesmo!”.

Muitos anos depois, já atuando em uma área totalmente diferente da dele, é que pude entender o profundo ensinamento que estava sendo compartilhado em nosso convívio. Isso aconteceu de forma inesperada, durante um show com duas estrelas da música que, mesmo tendo seu brilho próprio, puderam juntar forças para construir algo maior. Naquele instante, ficou claro o quanto a individualidade é importante para darmos vida aos projetos que transcendem nossas próprias possibilidades. A partir dela, podemos criar relações sinceras com outras pessoas que também têm seu universo único e fantástico.

Para os pais

O maior presente que poderá receber é o fato de seus sucessores escolherem levá-lo com eles para suas vidas. E isso só vai acontecer quando você construir laços baseados na diversidade e no respeito, em vez de buscar incansavelmente uma simples reprodução de comportamentos. Por mais que você acredite que possa transmitir o caminho das pedras para seus filhos, isso não vai se dar dessa forma. Cada um tem a sua própria jornada e melhor que guiar alguém é estar ao seu lado. Transmita valores sólidos, que fazem parte do seu dia a dia, e um legado será construído de forma tão forte que nem mesmo o tempo poderá corrompê-lo.

Para os filhos

Mesmo que seja difícil compreender determinadas questões que permeiam suas relações com os pais, é importante ter em mente que o tempo vai esclarecer as coisas. Então, aproveite ao máximo o tempo que tem para compartilhar acontecimentos e vivenciar os prazeres e desafios da sua existência com aquele que contribui para te dar o maior bem de todos: a vida. Compartilhe suas angústias e sonhos, convidando seu pai para fazer parte de sua história.

Eduardo Shinyashiki é palestrante, consultor organizacional, escritor e especialista em desenvolvimento das Competências de Liderança e Preparação de Equipes. 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários