Um dia você percebe que, por falta de atenção, conhecimento ou experiência, cometeu um grande erro no trabalho. Em poucos minutos, começa a suar frio, o coração dispara e bate aquele desespero. Se isso acaba de acontecer, tenha calma: você não é o primeiro nem será o último a falhar no ambiente corporativo.

“Só não erra quem não faz. Realmente não dá para acertar o tempo todo, ainda mais nos dias de hoje, em que os profissionais são multitarefas, exigem mais de si mesmos e são cada vez mais cobrados pela equipe, clientes e superiores”, diz Viviane Gonzalez, diretora da Business Partners Consulting.

A consultora diz que atitudes desastrosas podem trazer consequências ainda piores e gerar até uma demissão. Para Viviane, nessas horas o desespero deve ser deixado de lado e o melhor a fazer é tentar compreender quais motivos levaram ao erro e qual é a extensão dos danos que ele causou.

Em seguida, é preciso procurar o seu superior imediato e assumir de forma madura a responsabilidade pela falha. “A humildade para falar produz efeitos positivos no meio de uma situação ruim”, diz Viviane. E ela destaca: esconder o erro só adia as consequências.  A dica vale inclusive para reuniões, já que um problema pode ajudar toda a equipe a aprender e a refletir sobre as posturas e os processos adotados.

Depois de uma boa conversa, outro passo importante é propor uma saída para tentar minimizar as consequências da falha. Além disso, aprenda com o erro e adote medidas preventivas para reduzir as chances de falhar novamente. “É normal errar, mas viver errando com certeza pode arruinar uma carreira”, finaliza.

Saiba o que fazer em cinco dicas

1) O primeiro passo é analisar os fatos e avaliar a extensão do problema. Nesse momento, o desespero deve ser deixado de lado e o melhor a fazer é tentar. compreender quais motivos levaram ao erro e qual foram os danos que ele causou.

2) Depois de avaliar o problema, procure o seu superior imediato e assuma a responsabilidade pelo erro. “A humildade para falar produz efeitos positivos no meio de uma situação ruim”, diz a consultora Viviane Gonzalez.

3) Não tenha medo de expor sua falha perante a equipe. “As pessoas podem sim aprender com os erros dos outros tranquilamente, de forma que a equipe toda amadureça. Por isso, não tenha medo de expor sua falha. Ninguém acerta 100% todo o tempo”, afirma Viviane.

4) Após assumir a responsabilidade pelo ocorrido, proponha uma solução e se empenhe nela. “O responsável deve ser primeiro a fazer parte da solução e implantar medidas preventivas para reduzir as chances de errar de novo”, diz a consultora Viviane Gonzalez.

5) Aprenda com o erro e adote medidas preventivas para reduzir as chances de errar novamente. “É normal errar, mas viver errando com certeza pode arruinar uma carreira?”, diz Viviane Gonzalez.

Fonte: UOL

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários