A grande maioria dos profissionais que trabalha em escritórios usa o tempo na empresa para cumprir alguma atividade relacionada à vida privada, aponta uma pesquisa da consultoria norte-americana Captive Network.

Eles identificaram que 93% dos profissionais faz paradas no trabalho para resolver questões domésticas. Essa tendência atinge homens e mulheres, de diferentes idades, cargos e renda.

Esse alto índice também vem acompanhado de uma estadia mais longa nos escritórios –de 2011 para cá, houve um aumento de 30% de pessoas que trabalham mais do que nove horas por dia, eles notam.

As atividades não profissionais que se tornaram mais comuns no trabalho são entretenimento (com um aumento de 80% entre os anos de 2011 e 2013) e compras pela web (63% mais comum).

Há algumas peculiaridades no estudo. Por exemplo, as mulheres têm um hábito mais comum de fazer compras durante a jornada e quem ganha mais de US$ 100 mil costuma se exercitar mais durante o dia. E resolver pendências no banco é algo comum a 71% daqueles que trabalham em escritórios.

A pesquisa foi feita com cerca de 4.000 respondentes.

Fonte: Folha.com

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários