Em vídeo públicado na manhã desta quarta-feira (14) no Twitter, o presidente Michel Temer disse que o governo não impedirá que o trabalhador saque seu saldo no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em caso de demissão.

“De vez em quando se divulgou que quem tivesse perdido seu emprego por despedida injusta não poderia sacar os valores do FGTS. Não é verdade. Este é o primeiro esclarecimento que quero fazer. Não há nenhum pensamento a respeito dessa matéria no governo, ou seja, o fundo de garantia continuará desempenhando seu papel.”

Fonte: G1

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários