Aconteceu o inevitável: o furor causado pelo jogo “Pokémon GO”, desenvolvido pela Niantic e lançado ontem no Brasil, conquistou também os ambientes de trabalho.

Uma nova pesquisa da Forbes, que ouviu 66.159 mil usuários do jogo, revelou que 69% dos profissionais brincam com o app de realidade aumentada durante o expediente. Em números absolutos, isso corresponde a nada menos do que 45.649 mil pessoas.

Não é só uma “olhadinha” de vez em quando. Um terço dos entrevistados disse que perde mais do que uma hora do trabalho com a caça das criaturas.

Pensa que os mais aficionados levaram broncas dos gestores? Não é o que diz a pesquisa: dos 21 mil profissionais que gastam mais do que uma hora do expediente com o jogo, apenas 3 mil disseram que seus chefes pediram para que abandonassem a brincadeira.

Cerca de 2 mil pessoas disseram que o “Pokémon GO” conseguiu, na verdade, aproximá-las dos seus líderes.

Para metade dos usuários ouvidos pelo estudo, a relação com chefes, pares e clientes melhorou graças à paixão compartilhada. Aproximadamente 20 mil pessoas usam o intervalo do almoço para brincar com seus colegas de trabalho.

Ainda assim, a conquista do mundo profissional pelos monstrinhos não é completa: cerca de um terço dos entrevistados pela Forbes disse nunca jogar durante o expediente.

Fonte: Exame.com 

 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários