As taxas de desemprego estão altas, mas acredite você ou não: tem vagas sobrando no mercado, pelo menos em algumas áreas. Uma pesquisa mundial revelou que 43% das empresas brasileiras têm dificuldade na hora de contratar funcionários. E o motivo é justamente a escassez de talentos.

De acordo com o estudo, técnicos em geral são os mais difíceis de serem encontrados no país. A escassez permeia todas as áreas técnicas, de automação a edificações, de eletrônica a alimentos e bebidas. Enquanto que na média global, a mão de obra mais procurada é a de trabalhadores de ofício, seguidos pelos profissionais de TI e pelos engenheiros.

Abaixo, você confere a lista completa com os 10 profissionais que mais estão em falta no Brasil. Quem sabe isso não te ajuda a refletir sobre sua carreira e que cursos fazer?

1. Técnicos em geral

Como no passado o curso técnico no Brasil era considerado um plano B, o investimento nessa área foi prejudicado.

2. Secretário, recepcionista e assistente administrativo

A demanda por pessoas dedicadas aos serviços de escritório também é maior que a oferta desses profissionais.

3. Operador de máquinas e de produção

Pessoas especializadas que saibam operar máquinas tanto na indústria como no campo também estão em falta.

4. Trabalhador de ofício

Chefs de cozinha, padeiros, açougueiros, mecânicos e eletricistas qualificados são muito buscados em todo o mundo.

5. Representante de vendas

A área de vendas, muitas vezes, é preterida pelos profissionais, o que acaba gerando um déficit de mão-de-obra nesta área.

6. Executivo

Executivos de médio escalão e com experiência também são bem disputados, segundo a pesquisa.

7. Profissional de finanças e contabilidade

Faltam especialmente contadores e analistas financeiros, que são muito requisitados por empresas e pessoas físicas.

8. Motorista

Pesquisa aponta que faltam motoristas do setor de transportes, como caminhão para dar conta da demanda de escoamento de produtos e matérias-primas pelas rodovias.

9. Engenheiro

Embora tenha aumentado o número de formações acadêmicas na área, o número desses profissionais ainda é pequeno para suprir a demanda.

10. Profissional de tecnologia da informação

Nos últimos anos, explodiu a demanda por desenvolvedores de softwares, programadores, administradores de bancos de dados e gerentes de TI.

Fonte: Catraca Livre

Em busca de novas oportunidades de trabalho?
Milhares de vagas esperam por você.
Clique aqui e boa sorte!
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Comentários

comentários