Computador, celular, óculos em uma mesa e bloquinho de anotações

O jeito mais correto de buscar um emprego é encarar essa atividade como um trabalho: é necessário um expediente, um local de trabalho e rotinas diárias para acompanhar ou executar o andamento de todo o processo.

Dedique seu tempo como um expediente

Quanto mais tempo você dedicar ao seu processo, mais chances você terá. Para quem está sem emprego no momento, o ideal é 8 horas diárias, 40 horas por semana. E sim, você pode fazer seus intervalos. Eles podem ajudar a estimular sua criatividade, energia e autoestima. No mais, o expediente ajuda você a ter seu tempo para as providências na busca de emprego e ter seu tempo para o convívio em família e as atividades sociais de lazer, que também é muito importante manter.

Mas atenção: empregue a energia correta nesse tempo, planejando corretamente como você utilizará o tempo para cada atividade.

Planeje uma rotina diária

Devem fazer parte da sua rotina diária contatos com pessoas que podem ajudar a chegar mais perto do emprego, reuniões com estas pessoas, ligações para empresas-alvo, buscando oportunidades, envio de currículos e cartas de apresentação, dentre outras tarefas. É uma verdadeira campanha de marketing, em que o produto que você está vendendo é você mesmo!

Rotinas e armadilhas a evitar

No seu expediente em busca pelo emprego, você pode ter intervalos programados, mas evite distrações em excesso. Ligar a TV ou ficar nas redes sociais e na Internet podem ser grandes vilões. Evite gastar muito tempo com eles durante seu expediente na busca por um trabalho.

Este artigo é parte integrante do novo Manual da Recolocação Profissional, produzido pela Curriculum.com.br.
Novos artigos são publicados toda semana, até que o conteúdo integral do Manual esteja inteiramente publicado.

Acesse aqui mais artigos do Manual.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
2

Comentários

comentários