Nome, dados de contato, objetivo profissional, resumo de qualificações, experiências, formação, cursos, conhecimentos em idiomas e em informática… Já dedicamos vários artigos aqui no Manual da Recolocação sobre cada um destes itens praticamente obrigatórios no currículo. Tem mais alguma coisa que pode ser colocada?

Sim! Há outras informações que podem ajudar, mas lembre-se sempre: todo conteúdo que você incluir não deve ficar em mais de duas páginas ou três no máximo. É preciso fazer um resumo, e não a biografia profissional inteira. E o principal: cada conteúdo que você incluir tem o propósito principal de agregar valor ao seu currículo ou informar dados indispensáveis para os selecionadores, ora quando são solicitados diretamente por eles nas vagas anunciadas, ora quando ajudará os selecionadores a entender alguma particularidade essencial ou situação especial em seu perfil. Veja a seguir exemplos dos principais itens.

Viagens profissionais internacionais

É um item opcional, para situações em que pode ser interessante demonstrar no currículo alguma vivência profissional internacional. Estas informações podem agregar diferenciais ao currículo, por exemplo, para profissionais que assumirão cargos em que pode haver desenvolvimento constante de contatos ou de relacionamento com empresas e clientes fora do país.

Se você tem um perfil de início de carreira, intercâmbios no exterior podem ser informados aqui. Este item poderá reforçar que você tem bons conhecimentos no idioma utilizado em sua vivência no exterior.

Já se você tem um perfil mais experiente, em que um eventual intercâmbio já ficou para trás há mais tempo, pode ser interessante informar viagens de negócios, em visitas a parceiros, clientes ou fornecedores, por exemplo, além de congressos em sua área profissional.

Uma sugestão para informar tais viagens no currículo:

viagens_profissionais_2_CV

Mas atenção: nunca utilize este item para incluir viagens turísticas no currículo. Além de elas não agregarem valor, em eventuais questionamentos em entrevistas você poderá ficar sem ter conteúdo profissional a comentar sobre tais viagens.

Prêmios

É outro item que pode ser utilizado no currículo tanto por profissionais iniciantes como experientes. Mas também há diferenças no uso por estes dois perfis.

Se você é um profissional em início de carreira e acredita que não tem muito conteúdo para incluir no currículo, caso tenha conquistado algum prêmio que agregue valor ao seu próprio perfil pessoal, pode ser interessante incluí-lo. Além de outros conteúdos, que já indicamos em artigo anterior para incluir no currículo em início de carreira, prêmios acadêmicos ou que revelem que você foi reconhecido em aspectos positivos como disciplina pessoal, dedicação, esforço e aquisição de conhecimentos podem ser interessantes.

Agora, se você já tem experiência e conquistou prêmios em sua própria área profissional, eles podem ser um excelente diferencial para o currículo.

Uma maneira simples de incluir prêmios no currículo:

premios_CV

Informe apenas prêmios que você pode comprovar que recebeu.

Trabalhos voluntários

Já falamos sobre este item em artigo anterior mais voltado para profissionais em início de carreira. Mas, sem dúvida, profissionais experientes que tenham estas experiências também podem incluí-la no currículo, embora seja opcional.

Se é o seu caso, é muito interessante incluir experiências com trabalho voluntário nestes casos:

  • a experiência tem relação direta com sua área profissional;
  • a empresa para onde você está enviando o currículo tem projetos sociais envolvendo voluntariado;
  • você estava desempregado no período em que realizou o trabalho voluntário;
  • você sabe que o selecionador é engajado numa causa em que você já foi voluntário.

Este último caso é para quem fez esta lição de casa: fez uma pesquisa e procurou saber quem irá entrevistá-lo antes mesmo da entrevista.

Outra vantagem de informar trabalhos voluntários é que eles podem testemunhar a favor da parte mais intangível do perfil do profissional: algumas de suas qualidades e virtudes pessoais.

Veja uma maneira de informar trabalhos voluntários:

trabalhos_voluntarios_CV

Deficiências

É uma informação fundamental para incluir no currículo por profissionais que oficialmente sejam reconhecidos como pessoas com deficiência.  Se este é o seu caso, há informações que você pode colocar em dois locais possíveis:

No cabeçalho do currículo: logo após seus dados pessoais, informe que é uma pessoa com deficiência, especifique qual é a deficiência e inclua o CID fornecido por um médico.

No item de informações adicionais: neste item, descrito ao final deste artigo, você pode informar se precisa utilizar equipamentos específicos de acessibilidade, dentre outras informações complementares relacionadas.

Pretensão salarial

Você só deve exibir este item no currículo num único caso: quando você enviar seu currículo a uma vaga em que a descrição exige pretensão salarial. Caso contrário, não informe. A pretensão salarial pode ser incluída num último campo do currículo intitulado Informações adicionais, descrito a seguir, que também pode ser útil para outras finalidades.

Informações adicionais

Neste item você pode incluir informações que sejam relevantes para o seu perfil ou para a vaga à qual você está se candidatando. Por exemplo, já falamos sobre os exemplos de complementação da informação sobre deficiências e também sobre pretensão salarial, caso a empresa exija esta informação no currículo.

Outras possibilidades são, por exemplo:

  • confirmar sua disponibilidade para viagens, caso as vagas às quais você está se candidatando exijam tal disponibilidade;
  • se você atualmente mora longe do local de trabalho, especialmente em cidade distante, mas tem disponibilidade imediata real para comparecer a entrevistas e mudar residência caso seja contratado, pode ser interessante informar neste item, para procurar ser considerado no processo.

Enfim, este campo deve trabalhar a seu favor sempre, como todos os itens do currículo, para aumentar suas chances de ser qualificado pela empresa para a vaga à qual está se candidatando e para tratar de informações indispensáveis à correta compreensão sobre certos aspectos sobre o seu perfil não retratados nos campos anteriores. Evite estender-se neste campo.

Até o próximo artigo!

Este artigo é parte integrante do novo Manual da Recolocação Profissional, produzido pela Curriculum.com.br.
Novos artigos são publicados toda semana, até que o conteúdo integral do Manual esteja inteiramente publicado.

Acesse aqui mais artigos do Manual.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários