Em artigo anterior já falamos sobre como se diferenciar no currículo, descrevendo as principais atividades que você desenvolveu nas empresas. Mas ainda não dissemos como mencionar as empresas no currículo da melhor maneira possível. Apesar de ser algo aparentemente simples, alguns profissionais acabam tendo dúvidas como estas: se é necessário colocar TODAS as experiências no currículo, quais delas é importante manter, quais omitir, dentre outras questões. Perguntas como estas se tornam mais comuns para quem acaba elaborando um currículo impresso com três ou mais páginas e percebe que vai precisar omitir alguma coisa.

Em primeiro lugar, saiba quais dados básicos sobre cada empresa é necessário mencionar, depois entenda quando incluir uma empresa, quando omitir.

 Dados que você vai precisar

Reúna os dados a seguir:

  • Nomes das empresas
  • Cargos que você desempenhou em cada empresa
  • Datas de entrada e saída (mês e ano) em cada cargo
  • Descrições das atividades e realizações principais que você desenvolveu em cada cargo

Veja um exemplo:

experiencias_profissionais_generico

Como ordenar as experiências

Muitos já sabem disso, mas é bom reforçar: comece informando da empresa mais recente para a mais antiga. Isso ajuda os selecionadores a avaliar quais foram suas mais recentes experiências, atribuições e responsabilidades, bem como quais conhecimentos e habilidades você precisou mobilizar para exercer suas funções mais recentes.

Experiências muito numerosas, muito antigas ou pouco duradouras

Como já dissemos, em currículos impressos aqui no Brasil, você tem no máximo duas páginas para informar um resumo de sua carreira. No máximo três, ainda que a terceira página não seja, na verdade, nada recomendável, a não ser em casos muito especiais. Portanto, nem sempre haverá espaço no papel para mencionar todas as experiências. O que fazer nestes casos?

Se você tem experiências numerosas em longos anos de carreira, omita as mais antigas, anteriores a 10 anos, por exemplo, que inclusive tendem a já não ter a mesma relevância que as experiências mais recentes em relação ao seu atual objetivo profissional. Outra estratégia é manter apenas as três ou quatro experiências mais recentes, que geralmente são aquelas mais relacionadas ao atual objetivo profissional, a não ser que você esteja retornando a uma área em que já trabalhou em experiências mais antigas.

É possível omitir também aquelas eventuais experiências que duraram pouco tempo, a não ser que sejam contratações por prazo determinado e/ou relacionadas a projetos em que você pode apresentar realizações extremamente relevantes para o seu atual objetivo profissional. Mas cuidado ao omitir experiências: evite grandes lacunas de tempo entre uma empresa e outra. Estas lacunas poderão ser questionadas em entrevistas ou nem mesmo ser questionadas, mas ainda assim gerar dúvidas desfavoráveis para os selecionadores.

Já para currículos online, que você cadastra em áreas do tipo “Trabalhe conosco” em sites de empresas às quais você se candidata ou em sites como a Curriculum.com.br, não existe limite físico, portanto você pode cadastrar experiências mais antigas. E na hora de descrever essas experiências, seja mais conciso. Concentre-se em suas experiências mais recentes. Como sempre, existem exceções a esta regra: por exemplo, quando seu atual objetivo profissional for reassumir cargos e áreas profissionais que você já exerceu em experiências mais antigas. E não é necessário incluir, por exemplo, aquelas primeiras experiências que já não têm nada a ver com seu atual nível e objetivo profissional.

Algumas vezes, pessoas que chegaram a cargos de diretoria têm orgulho em mostrar no currículo que começaram em cargos como iniciantes ou aprendizes. Apesar de ser realmente um motivo de orgulho totalmente válido, incluir e descrever estas experiências no currículo pode estendê-lo sem necessidade. Os selecionadores não se concentrarão exatamente na sua história completa, mas naquilo que você pode oferecer HOJE à empresa caso seja contratado.

Mencionando empresas e cargos

Não é obrigatório incluir a razão social completa da empresa. É possível deixar de fora aqueles complementos como “Indústria e Comércio” ou formas abreviadas, “Ltda.”, “ME”, dentre outros caso o nome acabe ficando extenso. Isso ajuda na leveza visual do currículo. E mantenha apenas iniciais maiúsculas. Evite nomes inteiros em maiúsculas.

Abaixo de cada título de empresa, descreva seus cargos e/ou funções. Caso tenha tido mais de um cargo dentro da empresa, siga a mesma regra da cronologia inversa, informando o cargo mais recentemente exercido em primeiro lugar.

Descrições de atividades

Descreva um resumo de suas principais realizações em cada cargo desempenhado nas empresas, explorando os pontos altos das atividades desenvolvidas, especialmente aqueles que estejam mais relacionados às competências necessárias aos cargos e vagas que você pretende conquistar em seus atuais objetivos profissionais. Em post anterior, que você pode ler aqui, sugerimos algumas boas práticas ao descrever experiências nas empresas.

O que vem primeiro no currículo? Experiência ou Formação?

Um exemplo de estratégia para profissionais mais experientes e profissionais e em início de carreira na hora de enfatizar as principais forças de cada um destes perfis é esta:

– se você tem bastante experiência e quer enfatizá-la no currículo como sua principal força como profissional, você pode incluir suas experiências na primeira página, logo depois do resumo de qualificações, item do currículo que descrevemos em post anterior (veja aqui);

– se você está começando a carreira e ainda tem pouca experiência, mas uma boa formação concluída ou mesmo em andamento, coloque sua formação em primeiro lugar no currículo.

Aliás, em próximo post, daremos orientações sobre como incluir informações sobre a formação no currículo.

Até lá.

Este artigo é parte integrante do novo Manual da Recolocação Profissional, produzido pela Curriculum.com.br.
Novos artigos são publicados toda semana, até que o conteúdo integral do Manual esteja inteiramente publicado.

Acesse aqui mais artigos do Manual.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
4

Comentários

comentários