Já falamos muito sobre como construir um currículo, com foco principalmente em profissionais com experiência profissional já desenvolvida. Mas como ficam os jovens que estão iniciando a carreira?

Em primeiro lugar, se você é um destes profissionais em início de carreira, lembre-se que todos começaram praticamente do mesmo lugar em que você está, e os selecionadores das empresas sabem disso. Portanto, não tenha vergonha de mostrar que ainda tem pouca experiência. Pelo contrário, mostre que você está disposto a se esforçar em iniciar suas primeiras experiências e que tem boas qualidades para se tornar um ótimo profissional.

Mas como demonstrar este esforço e estas qualidades no currículo? Você deve reunir todas as informações e fatos que possam testemunhar a seu favor, por exemplo:

  • sua formação, especialmente se você já começou um curso superior
  • atividades escolares ou acadêmicas em que realizou tarefas e atividades relevantes
  • trabalhos voluntários
  • cursos relevantes para a vida profissional
  • conhecimentos intermediários ou acima em idiomas estrangeiros

Muitos jovens profissionais também ficam em dúvida se devem incluir estágios, trabalhos não registrados e experiências mesmo que ainda não relacionadas aos seus atuais objetivos. No caso de profissionais já experientes na área em que desejam atuar, já não seria necessário, mas para jovens em início de carreira, toda experiência que tenha tido duração relevante e regularidade no desempenho da atividade pode ser válida para o primeiro currículo.

Vamos a algumas dicas para montar cada sessão do currículo.

Cabeçalho e objetivo profissional

No cabeçalho você deve informar nome, dados pessoais e de contato. Certifique-se de colocar dados de contato atualizados e corretos, como e-mail e telefone. Evite endereços de e-mail engraçados ou afetivos. Se necessário crie um e-mail especialmente para isso, e consulte-o todos os dias depois que enviar currículos com ele. Comece seu primeiro currículo de maneira bastante profissional!

A seguir, uma sugestão visual simples para criar seu cabeçalho num editor de textos:

cabecalho_CV_inicio_carreira

 

Quanto ao cargo desejado, que é o objetivo profissional do currículo, coloque o cargo ao qual você está se candidatando caso esteja enviando um currículo impresso a um anúncio de vaga. Por exemplo, se você está cursando Administração e deseja um estágio na área, coloque “Estagiário em Administração”. É claro, escolha cargos compatíveis com o seu momento de carreira: os cargos para quem começa são estagiário, auxiliar, assistente e similares.

Para mais detalhes sobre os cuidados que você deve ter ao criar o cabeçalho, leia aqui um artigo do nosso Manual da Recolocação Profissional inteiramente dedicado ao tópico.

Coloque um objetivo só! Você só colocará mais cargos nos objetivos em currículos online como no site da Curriculum, para que as empresas possam encontrar seu currículo ao buscarem por diversos cargos que sejam compatíveis com o seu perfil.

Formação

É o segundo item do currículo para quem está começando a carreira e precisa destacar suas principais forças. A formação é uma delas. Informe a instituição em que está cursando e o curso superior que você está fazendo, com o ano previsto para conclusão. Não está fazendo curso superior? Informe onde e quando concluiu o curso que define sua atual escolaridade.

Veja um exemplo:

formacao_CV_inicio_carreira

O ano do exemplo acima é futuro, para quem prevê que irá se formar em 2020.

Experiências profissionais

Se você tem alguma experiência profissional, mesmo que não relacionada à área que você deseja atualmente, pode informar logo depois da Formação.

Não precisa ser emprego com carteira registrada. Desde que você tenha como comprovar de alguma maneira que realizou o trabalho mencionado, mesmo que sua comprovação sejam suas próprias descrições sobre a atividade desenvolvida. Por exemplo:

experiencias_profissionais_inicio_carreira

As datas se referem ao início e fim da atividade. Se você está na empresa até hoje, coloque a palavra “atual” no lugar da data final.

Se você tem experiências em mais de uma empresa, inclua as empresas anteriores no mesmo formato. Ordene suas experiências da mais recente para a mais antiga. E procure descrever suas principais atividades que desempenhou nelas. Para ter exemplos sobre como descrever experiências, leia este artigo no nosso Manual.

Atividades acadêmicas

Você pode informar atividades acadêmicas usando o mesmo modelo que sugerimos acima para as experiências profissionais. Mas use “Atividades acadêmicas” no título. Em vez do nome da empresa, informe o nome da atividade. Inclua datas de início e fim sempre que possível ou simplesmente o ano em que desempenhou tal atividade. E descreva a atividade da melhor maneira possível para procurar demonstrar que habilidades, conhecimentos e aprendizados você utilizou para desempenhar as funções.

Trabalho voluntário

Você também pode criar uma seção no currículo parecida com as Experiências Profissionais, mas intitulada “Trabalhos Voluntários”. No nome da empresa, informe para qual instituição você trabalhou. Se não houver cargo específico, em vez do cargo informe o nome da atividade principal. E descreva as atividades sempre buscando demonstrar que tipo de habilidades e conhecimentos você utilizou no trabalho.

 Idiomas

Se você tem conhecimentos intermediários ou acima num idioma, informe no currículo, desta maneira:

idiomas_CV

Informe o idioma e seu nível de conhecimento. Jamais minta quanto ao nível, pois a empresa poderá querer testar seu idioma. Pega mal informar algo que o candidato na verdade não conhece.

 Cursos complementares

Se você tiver feito cursos recentemente para se aprimorar e que sejam úteis para a sua futura vida profissional, informe aqui. Cursos de informática são um exemplo. Crie uma seção no currículo neste formato:

cursos_complementares_CV

Informe no máximo cinco cursos, do mais recente para o mais antigo. Os dados são nome do curso, nome da escola e ano em que o curso foi feito.

 Habilidades técnicas

Se você tem habilidades requeridas no mercado de trabalho, informe aqui. Por exemplo, conhecimentos em informática: aplicativos, sistemas operacionais e Internet:

qualificacoes_informatica_CV

Informe somente aquilo sobre o qual você realmente tem conhecimentos. Combinando alguns ou todos estes tópicos, você garante um ótimo primeiro currículo para começar a sua carreira.

E se desejar se aprofundar e criar no começo do currículo um resumo campeão sobre o seu perfil, outro artigo do Manual pode te ajudar. Leia aqui.

Sucesso para você e um ótimo primeiro emprego!

Este artigo é parte integrante do novo Manual da Recolocação Profissional, produzido pela Curriculum.com.br.
Novos artigos são publicados toda semana, até que o conteúdo integral do Manual esteja inteiramente publicado.

Acesse aqui mais artigos do Manual.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
4

Comentários

comentários