Ter um chefe difícil até parece um rito de passagem. É como se todos nós, em algum estágio de nossas vidas, fossemos cruzar com essa pessoa aparentemente impossível de agradar. A colaboradora  Nicaila Matthews da seção The Well da versão online da revista Time já teve um chefe como Miranda Priestly de “O Diabo Veste Prada” e sabe como essa experiência pode ser frustrante. Mas mesmo quando parece que o seu chefe pode arruinar sua vida no trabalho,  ela diz, você tem mais poder do que imagina se continuar encorajado e ambicioso. Veja cinco métodos de lidar com seu chefe e não deixar que ele interfira no seu sucesso profissional, segundo a especialista.

Não leve pelo lado pessoal

Nicaila Matthews conta que trabalhou para uma pessoa que xingava seus empregados quando eles lhe davam notícias ruins. Claro, esse tipo de atitude é desagradável e inapropriada, mas mostra que os chefes também são seres humanos e que como o resto de nós, têm que lidar com pressão, insegurança e medo. Você deve ter em mente que quando seu chefe se comporta de forma reprovável, suas ações e palavras podem ser um reflexo deles próprios, das demandas de seus próprios chefes ou até mesmo de frustrações externas, que não estão relacionadas com trabalho. Tente não enxergar as atitudes do seu chefe como um ataque pessoal.

Seja mestre em propor soluções

Existe um tipo de chefe que nunca tem tempo para ouvir explicações, apenas para vigiar o que você está fazendo para ajudá-lo a atingir as metas dele. Se você enche essa pessoa de perguntas e problemas, você está não está respeitando as prioridades. Trabalhe para apresentar soluções, não problemas. Isso não significa que você deve ter sempre as respostas, mas que antes de abordar seu chefe com más notícias, você deve propor pelo menos duas soluções possíveis para superar problema apresentado.

Sempre esteja um passo a frente

Você tem acesso à agenda do seu chefe? Se a resposta for sim, consulte-a com frequência. Esteja atento ao que o seu chefe está fazendo e em que está trabalhando e descubra quais são as suas prioridades. Se no seu escritório, os funcionários têm o hábito de fazer reuniões regulares para discutir trabalhos e metas, esteja sempre preparado para elas. Tenha em mãos um relatório informal com os detalhes dos seus projetos, seus status, e atualizações.

Seja confiante, mesmo quando cometer erros

Você perderá mais tempo tentando consertar um erro que você escondeu das outras pessoas do que um erro que você admitiu ter cometido. Então, se fizer algo errado, seja claro e sincero e use suas habilidades de propor soluções para explicar como você vai resolver tudo. Quando estiver lidando com um chefe difícil, não esqueça que confiança é a sua principal arma. Mesmo naqueles dias em que ele estiver uma fera, lembre-se que você é inteligente e capaz (é por isso que você foi contratado) e siga em frente com equilíbrio e convicção.

Ganhe algo com isso

Na verdade, ter um chefe difícil faz de nós funcionários melhores. Graças a eles, somos cuidadosos com as nossas terefas e buscamos evolução constante. Chefes difíceis nos ensinam a subir na escada corporativa e a descobrir o que faz de um indivíduo um bom gestor. Isso pode lhe ajudar a reconhecer um chefe que tem um estilo de trabalho alinhado com o seu quando estiver na frente de um. É possível identificar um profissional com essa característica em uma entrevista de emprego, por exemplo. Como resultado, você pode ser muito feliz no próximo emprego.

Fonte: Economia Ig

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários