O Ano-Novo chegou e você está aí, cheio de planos para tirar do papel e dar um gás na carreira. No entanto, algumas atitudes simples, e que quase todo mundo faz, podem estar atrapalhando a sua produtividade no trabalho. Inspirados no site Business Insider, separamos algumas dicas para ajudá-lo a tornar 2017 o ano em que sua vida profissional mudará para melhor. Confira!

  • Getty Images/iStockphoto

    Dormir é muito importante

    Uma boa noite de sono tem o poder de aumentar a produtividade e felicidade, além de levar a uma tomada de decisão mais inteligente e desbloquear grandes ideias. Tanto que um estudo feito pela consultoria McKinsey mostrou uma correlação direta entre a falta de sono e a ineficiência no local de trabalho. Isso porque o córtex pré-frontal, onde as funções de resolução de problemas do cérebro são alojados, é degradado quando não dormimos o suficiente. Isso seria o equivalente cognitivo de ir trabalhar bêbado. Melhor planejar o seu descanso com antecedência e desligar-se do mundo por aquele período de descanso.

    iStock

    Largue o celular (e outros eletrônicos)

    Uma dica para dormir melhor é não deixar que influenciadores externos prejudiquem seu sono. A tela de LED dos nossos smartphones, por exemplo, libera algo chamado de luz azul, que estudos demonstraram que pode danificar a visão e suprimir a produção de melatonina, hormônio que ajuda a regular o ciclo do sono. “Se você estiver em um local iluminado, mesmo que pela luz emitida pela televisão, computador ou celular, a produção diminuirá e o organismo receberá o recado de que ainda é dia?, explica Bruno Halpern, endocrinologista e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Pesquisas ainda sugerem que as pessoas com níveis mais baixos de melatonina são mais propensas a ficarem deprimidas.

    Getty Images

    Botão soneca nunca mais

    A noite de sono estava ótima, mas chegou o momento de acordar. No entanto, se você acha que apertar o botão soneca do despertador todas as manhãs lhe dará um pouco de descanso extra para começar a sua rotina, melhor mudar de ideia. A verdade é que ele faz mais mal do que bem. Isso porque, quando a pessoa acorda, o sistema endócrino começa a liberar hormônios de alerta para prepará-la para o dia. Ao voltar a dormir, você está abrandando este processo. Além disso, nove minutos não dão ao seu corpo tempo para obter o sono restaurador e profundo que ele precisa. Levanta logo daí, menino!

    iStock

    Não pule o café da manhã

    Esta é a refeição mais importante do dia, após a pessoa passar tantas horas de sono em jejum. Ela dá um pontapé no seu metabolismo e ainda reabastece os níveis de açúcar no sangue para que você possa se concentrar e ser produtivo no decorrer da rotina. Quando os níveis de açúcar no sangue estão baixos, é muito mais difícil de se concentrar e mais provável que você se sinta cansado, irritável e impaciente. Comer essa hora também está diretamente relacionado com a moderação da ingestão calórica diária, regulação do índice glicêmico, prevenção de doenças como diabetes e hipertensão arterial e menor acúmulo de gordura visceral.

    Getty Images

    Temine logo o mais difícil

    Muitas pessoas começam o dia resolvendo as tarefas fáceis e deixando o trabalho mais difícil para depois. Esta é uma má ideia, pois pesquisadores descobriram que as pessoas têm uma quantidade limitada de força de vontade, que vai diminuindo ao longo do dia. Então, que tal aproveitar que você está descansado e começar a resolver logo as pendências mais complicadas, não? No fim, tudo fica mais fácil.

    Getty Images

    Hora certa para o e-mail

    Outra armadilha clássica. O acesso constante a internet é uma realidade na maioria dos trabalhos sendo, muitas vezes, relacionado as atividades do dia. No entanto, a cada olhada nos novos e-mails você pode perder até 25 minutos de tempo de trabalho. Que tal se organizar e ver se chegaram novas mensagens a cada 50 minutos? Neste espaço de tempo dá para fazer um mergulho mais profundo nas tarefas do dia e resolver logo as pendências.

    Getty Images

    Não se perca na internet

    Quase o mesmo problema do item anterior. Uma vez que a maioria de nós tem acesso à internet no trabalho, é muito fácil perder o foco e ir procurar a resposta para alguma pergunta aleatória que apareceu na sua cabeça ou ir dar uma olhadinha nas redes sociais e, quando perceber, já ter passado meia hora. Uma dica é escrever em um bloco de notas todas essas questões que podem aguardar para serem resolvidas mais tarde, quando você não estará tentando fazer o trabalho.

    Shutterstock

    Nada de fast food no almoço

    Manter os níveis de energia no trabalho, e na vida, requer comer um almoço equilibrado. Aquelas refeições gordas, com taxas elevadas de açúcar, fazem você ter baixa energia por até três horas depois. Assim, é importante pegar pesado nas proteínas e gorduras saudáveis, além de escolher melhor os carboidratos que você come no lanche. Vez ou outra, ok, mas comer fast food todos os dias realmente vai atrapalhar sua saúde e produtividade.

    Getty Images

    Priorize melhor

    Voltou do almoço e chegou a hora de escolher o que fazer. Algumas pessoas pensam que ter muitos objetivos é a melhor maneira de garantir o sucesso – se uma ideia falhar, pelo menos existe uma “reserva” para recorrer. No entanto, isso pode ser extremamente improdutivo. O bilionário Warren Buffett descobriu um antídoto para isso ao perceber que seu piloto pessoal não estava realizando seus objetivos de vida. Ele pediu para o funcionário pensar em uma lista de 25 coisas que gostaria de fazer antes de morrer. No entanto, em vez de aconselhá-lo a dar pequenos passos para completar cada um dos objetivos, Buffett falou para ele escolher as cinco que achava mais importantes e ignorar o resto.

    Getty Images/iStockphoto

    Deixe de ser planejador compulsivo

    Muitas pessoas ambiciosas e organizadas tentam maximizar sua produtividade meticulosamente planejando cada hora do seu dia. Infelizmente, as coisas nem sempre saem como o planejado. Uma criança doente ou atribuição inesperada pode mudar toda a rotina da pessoa. Em vez disso, melhor tentar planejar apenas quatro ou cinco horas de trabalho real a cada dia, deixando sua agenda mais flexível.

    Thinkstock

    Uma coisa de cada vez

    Enquanto muitos acreditam que são ótimos em fazer duas coisas ao mesmo tempo, pesquisadores descobriram que apenas 2% da população é efetivamente capaz de ser multitarefa. Para o resto de nós, este é um mau hábito que diminui nossa atenção no decorrer do dia, tornando-nos menos produtivos a longo prazo.

    Getty Images

    Levante da cadeira

    Nilofer Merchant, consultora de negócios e autora de um livro chamado “The New How: Creating Business Solutions Through Collaborative Strategy” (“O Novo Como: Criando Soluções de Negócio Através de Estratégia Colaborativa”, em tradução livre), contou em uma palestra ter ajudado várias grandes empresas a desenvolver novas ideias bem sucedidas com caminhadas. Ela recomenda ignorar o café no escritório ou as reuniões sob as luzes fluorescentes de salas de conferência e sair andando e falando pelas redondezas. “Você ficará surpreso da forma como o ar fresco impulsiona pensamentos novos” argumentou.

    Getty Images

    Evite reuniões desnecessárias

    Nada interrompe o fluxo de produtividade como uma reunião desnecessária. E com ferramentas como e-mail, mensagens instantâneas e bate-papo por vídeo na ponta dos dedos, é melhor usar o encontro para apresentações e discussões sérias que só devem ser realizadas pessoalmente. O fundador da BlueGrace Logistics, Bobby Harris, recomenda que as pessoas não aceitem uma reunião a menos que a pessoa que a solicitou apresente uma agenda clara e diga exatamente quanto tempo será necessário. Se você não for o chefe, que tal negociar?

    Think Stock

    Não fuja do treino

    Acabou o horário de trabalho e tudo o que você quer é cair no sofá? Melhor não! Estudos demonstram que os treinos de manhã e a tarde podem aumentar a quantidade e a qualidade do sono de uma pessoa, tornando o dia mais produtivo. Em um artigo para Harvard Business Review, Friedman argumenta que adicionar exercício ao seu regime pode contribuir diretamente para a sua produtividade do trabalho. Ele aponta certos benefícios cognitivos de incorporar o exercício regular em sua rotina, incluindo melhor concentração, memória mais nítida, resistência mental prolongada, menor estresse e humor elevado, todos os quais têm “implicações sérias para o desempenho no local de trabalho”.

    Fonte: Uol

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Comentários

comentários