Caro(a) leitor(a), é um prazer conversar com você!

Sou um dos articulistas deste portal que congrega profissionais da área de Recursos Humanos dispostos a compartilhar experiências nessa área com vocês.

Atuo com gestão de pessoas há tanto tempo que é até difícil resumir minha trajetória profissional em algumas linhas, apenas. Portanto, espero que interajam comigo e me perguntem detalhes ou exponham curiosidades, para que nosso bate-papo siga nesse tom de informalidade que caracteriza esta relação.

Sou professor universitário desde 2004 e meu foco é desenvolver futuros profissionais de Ciências Contábeis em comunicação assertiva – embora também ministre disciplinas de Ética e Recursos Humanos, na graduação e na pós.

Mas, como é comum meus alunos perguntarem, já afirmo que, além de ministrar aulas, eu trabalho.

Acumulo quase 30 anos de experiência – o que entrega minha idade – em RH, tanto em consultoria, como na função executiva.

Decidi-me muito cedo por essa área, pois me formei, pela USP, em Administração de Empresas, concentrando meus estudos em matérias de RH, e também em Psicologia, em que procurei me especializar no segmento organizacional – sendo certificado pelo CFP – Conselho Federal de Psicologia.

Também minha pós-graduação lato sensu, realizada na FGV-SP, foi direcionada a esse tema: organizações e gestão de pessoas.

Entretanto, minha trajetória profissional na área de RH, que se iniciou com um estágio no IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, sofreu uma grande guinada, quando decidi seguir carreira em consultoria empresarial, na então maior empresa prestadora de serviços do setor, a Arthur Andersen.

Foi na própria Arthur Andersen, na virada do século XX para o XXI, que mudei de lado na mesa e me tornei gerente de RH, retomando, a partir daí, meu rumo na área de especialização para a qual tinha dedicado meus estudos acadêmicos.

Em seguida, liderei a área de Recursos Humanos de grandes empresas multinacionais e nacionais, tais como Bombril, Deloitte, Ikesaki e Toyota, intercalando esses momentos com atividades autônomas de consultoria, além da docência.

Hoje, resolvi me dedicar a uma atividade que normalmente não faz parte do currículo de um RH tradicional, que é o aconselhamento de carreiras – tanto para executivos de empresas, como para alunos e ex-alunos de nível universitário.

Mas continuo firme como docente e me mantenho ativo como consultor geral na área de Recursos Humanos, prestando serviços a indivíduos, grupos e instituições que precisem de ajuda para resolver problemas, melhorar processos e desenvolver organizações e pessoas.

Fazer parte desta comunidade, trocando ideias com vocês, vai me ajudar a executar essa missão. Conto com vocês!

Este artigo foi escrito por Marcos Minoru Nakatsugawa, colunista do Blog Curriculum. Minoru é Consultor geral na área de Recursos Humanos e atua com gestão de pessoas há muitos anos. Formado em Administração de Empresas e Psicologia, pela USP, especializou-se em gestão de organizações e pessoas na EAESP/FGV-SP e em psicologia organizacional e do trabalho pelo CFP.

Para conferir mais textos deste colunista, clique aqui.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Comentários

comentários