Estudo aponta que não só de inteligência é feito um bom funcionário

Pessoas mais inteligentes sobem na escada corporativa há algumas décadas, independente de suas habilidades sociais. Mas, ser inteligente não é suficiente para garantir uma ascensão no mundo dos negócios já que a liderança exige que você seja socialmente adepto. Segundo uma pesquisa publicada pela Review of Economics and Statistics, suas habilidades sociais podem ser tão importantes quanto sua inteligência quando se trata de alcançar o sucesso.

Catherine Weinberger, economista da UC Santa Barbara, estudou o que os grandes empreendedores têm em comum e descobriu que o local de trabalho hoje em dia valoriza uma combinação de pessoas lidas e proficiência social. Sua pesquisa começou revendo registros antigos do ensino médio de alguns funcionários de empresas. Ela avaliou suas notas de matemática, assim como seu engajamento social, participação em equipes de esporte e outras atividades sociais.

Em seguida foi a vez de analisar o desempenho dos estudantes no mercado de trabalho. Algumas pessoas ocupavam posições que exigiam apenas inteligência, como processamento de números. Outras tinham conseguido empregos que dependiam muito de habilidades sociais, como vendas. Mas a economista notou que os melhores salários e os cargos de liderança eram de pessoas que possuíam inteligência e também habilidades sociais.

Todo mundo pode melhorar seu lado social de alguma maneira. Talvez você não seja bom em conhecer pessoas novas. Não importa quais são as dificuldades que você vai enfrentar, essas estratégias vão ajuda-lo a se tornar mais sociável.

Comprometa-se a desenvolver suas fraquezas e forças: Reconheça as áreas em que você pode melhorar e seja honesto com você mesmo. Em vez de tentar esconder seus defeitos ou ter vergonha deles, esteja disposto a buscar soluções. Uma mente aberta e disposição para admitir que você não tem habilidades sociais perfeitas é o primeiro passo.

Analise de que maneira o ambiente impacta sua comunicação: Não é porque você é um ótimo comunicador em casa que essas habilidades vão se transferir para seu escritório. O jeito como você se comunica com seus colegas, superiores, subordinados e procure maneiras de melhorar suas técnicas.

Analise como os problemas externos influenciam seu desempenho: Muitas vezes o stress e um estilo de vida não muito balanceado pode interferir nas suas habilidades sociais. É difícil ser amigável e extrovertido quando você sofre de problemas de ansiedade. E é praticamente impossível ser simpático quando você está se sentindo deprimido.

Procure feedback sobre suas habilidades de liderança: É muito difícil você mesmo avaliar suas habilidades de liderança. Não se importe de perguntar para outras pessoas como você está se saindo no papel de líder (mesmo que seja de forma anônima). Assim, você vai saber quais são as áreas em que é necessário melhorar.

Utilize recursos de autoajuda: Ler livros sobre estratégias de mercado vai te fornecer soluções para problemas comuns das empresas. Mas a chave para melhorar seu desempenho é conseguir administrar seus pensamentos, emoções e agir de maneira produtiva.

A prática é a chave para melhorar seu lado social: Saber e fazer são duas coisas diferentes. Você pode ter muito conhecimento sobre como se comunicar e como liderar, mas a prática é necessária para afiar essas habilidades. Aprenda com seus erros e defina objetivos para te ajudar a melhorar seu lado social.

Fonte: Forbes Brasil 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários