Se você quer se destacar na área de marketing ou vendas, é bom preparar a sola do sapato: os profissionais com maiores salários e melhores oportunidades nesse mercado atualmente são aqueles que saem a campo para “caçar” novos consumidores.

A informação consta em um estudo da consultoria Robert Half sobre a empregabilidade e a remuneração para o setor no Brasil em 2016, e as perspectivas para o ano que vem.

Segundo Isis Borge, gerente da consultoria Robert Half, o executivo de vendas mais demandado pelos empregadores brasileiras é aquele que “vai para a rua” para prospectar negócios e visitar potenciais clientes.

“As empresas querem pessoas capazes de varrer o mercado em busca de novas oportunidades”, explica ela. “Por isso, é fundamental ter boas habilidades de relacionamento e disponibilidade para viajar”.

Em vendas, é essencial ter um perfil analítico, isto é, ser capaz de fazer um balanço das razões pelas quais um cliente ainda não foi convencido sobre as vantagens de uma compra — e aprimorar o seu processo de persuasão. Na negociação, também é importante que o vendedor não tente apenas abaixar o preço: ele precisa conhecer a fundo as vantagens do seu produto frente à concorrência e saber argumentar de forma convincente sobre elas.

Na área de marketing, o destaque vai para o profissional de trade marketing, que trabalha para aumentar a eficiência dos pontos de venda. “É alguém que vai para a rua visitar os supermercados, por exemplo, e imprime o posicionamento estratégico da marca na forma de organizar as gôndolas e prateleiras”, explica Borge. Há oportunidades e salários competitivos para esse profissional em empresas do setor de bens de consumo, como alimentos e medicamentos.

Mas quanto realmente ganha quem vende — ou ajuda a vender?

Coordenador de comunicação

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 4,5 mil – 8 mil
Grande 5,5 mil – 9 mil

Gerente de inteligência de mercado/ Gerente de planejamento estratégico

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 10,5 mil – 17 mil
Grande 12,5 mil – 25 mil

Gerente geral de marketing e vendas

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 25 mil – 60 mil
Grande 45 mil – 100 mil

Diretor comercial

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 18 mil – 40 mil
Grande 20 mil – 55 mil

Gerente nacional de vendas

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 14 mil – 27 mil
Grande 16 mil – 30 mil

 

Gerente regional de vendas

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 9,5 mil – 20 mil
Grande 12 mil – 26 mil

 

Key account manager

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 10 mil – 17 mil
Grande 12 mil – 20 mil

 

Supervisor de vendas

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 6 mil – 8 mil
Grande 5,5 mil – 12 mil

 

Executivo de vendas / Key account

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 4,5 mil – 13 mil
Grande 5 mil – 15 mil

Diretor de marketing

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 20 mil – 30 mil
Grande 22 mil – 45 mil

 

Gerente de marketing

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 8 mil – 20 mil
Grande 9,5 mil – 25 mil

 

Gerente de trade marketing

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 9 mil – 16 mil
Grande 11 mil – 20 mil

 

Gerente de produto

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 7,5 mil – 15 mil
Grande 7,5 mil – 20 mil

 

Coordenador de marketing / comunicação

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 5,5 mil – 10 mil
Grande 6,5 mil – 12 mil

 

Analista de marketing / comunicação

Porte da empresa Salário médio em 2016 (reais)
Pequeno / médio 3,5 mil – 6 mil
Grande 4 mil – 7 mil

 

Fonte: Exame.com 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários