Cuidar da imagem é uma prática importante, mas que muitas vezes é negligenciada

A imagem de um profissional conta muito, ainda mais quando ele trabalha com equipes. Há, entretanto, uma falta de preocupação com este aspecto, que pode sim atrapalhar o bom desempenho dentro de uma empresa.

Pensando nisso, o CCO e especialista em novas mídias da kakoi Comunicação, Ediney Giordani, falou sobre como deveria ser o perfil comportamental mais adequado para a vida profissional.

“Trabalho há muito tempo com equipes e na maioria delas eu percebo o mesmo traço: falta de preocupação com a imagem. Aqui não estou falando de imagem física e asseio pessoal, não é isso, penso estar claro na mente de todo profissional que isto é uma obrigação e não uma qualidade, falo da apresentação daquilo que você é pago para fazer” esclarece Ediney Giordani.

O especialista explica que pequenos detalhes acabam somando no resultado final e dizendo muito sobre o profissional que a pessoa é – ou aparenta ser.

Ediney listou alguns cuidados, divididos por temas, de como seria na visão dele, o comportamento ideal para quem trabalha com muita gente e evitar passar uma imagem de desleixo, matando assim possíveis chances de crescimento dentro de uma companhia.

 

Comunicação

O principal problemas de todas as empresas, incluindo as empresas de comunicação, também é um problema na sua imagem pessoal. Ediney aponta que a característica principal deste problema é não manter um diálogo aberto com o seu pessoal ou com o seu chefe.

“Ser verdadeiro. Entenda que a verdade na empresa pode te levar longe, pois de tá credibilidade”.

Um bom exemplo para Ediney Giordani sobre como usar a verdade no ambiente de trabalho é sobre horários. “Sua empresa tem uma política rígida de horários e você sabe disso, mas, um dia, dormiu demais e perdeu o horário. Quando chegar e o seu chefe perguntar o que houve para o seu atraso, seja sincero: dormi demais. Simples. Não tente inventar desculpas. Compense, claro, o tempo que você esteve ausente, se desculpe e tente não repetir o erro, mas mantenha o canal da verdade aberto com o chefe ou subordinado” conclui.

 

Emails

Com o passar do tempo há a possibilidade da sua comunicação, tanto pessoal quanto por email, se tornar mais informal. Esse é um erro clássico na visão de Ediney Giordani.

“Gírias, intervenções pessoais, ppts dos anos 90 no ambiente profissional., erros comuns. Ao enviar um email lembre que o receptor não é o seu amigo, é o José da Contabilidade, a Maria da Logística, enfim, dentro do ambiente empresarial as pessoas são seus colegas de trabalho e não amigos. Mantenha a sua comunicação profissional.” explica.

Outro erro comum, apontado por Ediney dentro deste tema, é usar uma linguagem pouco preocupada com o layout da mensagem. Fontes variadas, links com urls abertas, e palavras contraídas como se estivesse em um chat do Whatsapp (tb, pq…), todos erros comuns e quem devem ser evitados.

 

Redes Sociais

Cada empresa tem sua política para o uso das redes sociais e ela deve ser respeitada. Ediney, no entanto, alerta que quando liberada elas não devem ser usadas como um fórum particular de desabafo. “Você não pode dizer que o café é frio, que a menina da recepção te olha torto ou que o seu chefe não entende o que você fala. Entenda de uma vez por todas: questões de trabalho são resolvidas no trabalho e não publicamente, nada de indiretinhas e nada disso, isto não é profissional, não é legal e irá queimar o seu filme na sua empresa e no mercado de trabalho como um todo”.

 

Reuniões

Ediney entende que algumas pessoas, assim como ele, odeiam reuniões, mas na visão dele ainda não foi criado nada melhor definir planos, projetos e metas de equipe. A dica é, tão logo o profissional seja convocado para uma reunião, já vá preparado.

“Saiba cada detalhe do projeto que irá representar, números, pessoas envolvidas, prós e contras da questão, tudo deve estar na ponta da sua língua. E sim, você pode contestar, inclusive seu chefe, sempre com embasamento. Sempre que uma reunião é convocada a ideia é exatamente esta, debater ideias, deliberar, definir, se você for um peso morto na sala de reuniões tudo o que fará é cimentar sua posição e começar a construir a rampa para sua descida profissional.”

 

Festas

Um ponto polêmico é o que envolve as festas da companhia. Para algumas pessoas, este evento social tem a mesma função de um sepultamento, já que podem enterrar qualquer chance profissional que a pessoa tenha para futuras promoções ou mesmo acabar com o seu próprio futuro no emprego.

“O álcool, claro, é o principal assassino de carreiras. No momento que a gravata vem para a testa invocando o Rambo que existe em você e o botão da camisa que diferencia a camisa aberta do decote dá vida a Demi Moore que vive em cada mulher, neste momento o padre da sua empresa entra em cena para a extrema unção da sua carreira”.

E se a ideia de evitar uma festa da empresa passar pela cabeça, para evitar algum desastre comportamental, Ediney Giordani entende isso como algo ruim também.

“Tem que ir, é um momento de confraternização, é um momento de celebrar em equipe as conquistas da empresa. Vá, seja discreto, converse com múltiplos grupos e pelo amor da sua crença, não fique, no sentido sexual da palavra, com ninguém na festa” finaliza.

Fonte: Administradores

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários