O colaborador que quer ser efetivado deve antecipar as demandas, buscar soluções previamente ao invés de esperar alguém dizer-lhe o que deve ser feito e adaptar-se a diferentes situações

Mais de 163 mil trabalhadores temporários devem ser contratados para atender a demanda da indústria e comércio neste fim de ano, segundo pesquisa da Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de RH, Trabalho Temporário e Terceirizado (Fenaserhtt) e do Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo (Sindeprestem). Desse total, a estimativa é que apenas 5% devem ser efetivados, o que exige que os candidatos ao emprego pleno se destaquem em um mercado cada vez mais competitivo.

No período de duração do contrato, a recomendação da especialista em Programação Neurolinguística e coach, Chana Vasco, é que o trabalhador se mostre indispensável, isto é, que faça a diferença. “Ao contrário das outras pessoas que apenas fazem o que é solicitado, o trabalhador indispensável antevê problemas e vai dar seu melhor para resolvê-los da forma mais rápida e com economia de recursos”, diz.

Segundo ela, há algumas dicas que podem ajudar as pessoas a alcançarem esse perfil e ampliarem suas chances de serem contratadas. A primeira está ligada ao conhecimento e aperfeiçoamento técnico. Chana Vasco lembra que não basta contar apenas com as habilidades que já se tem, é preciso estar constantemente atualizado e adquirir novas competências. Cursos, palestras, workshops e outras atividades ligadas à área de interesse ajudam nesse sentido.

Outra característica essencial é a proatividade. O colaborador que quer ser efetivado deve antecipar as demandas, buscar soluções previamente ao invés de esperar alguém dizer-lhe o que deve ser feito e adaptar-se a diferentes situações. Isso mostra engajamento, responsabilidade e vontade de gerar resultados.

Por fim, a especialista recomenda que a pessoa se mostre disponível. De acordo com ela, há tarefas que são mais prazerosas que outras, mas esse critério não pode determinar a atuação do profissional. Ele deve olhar para cada atividade como algo que precisa ser feito.

“Nesse período em que há um grande volume de contratações temporárias, a pessoa pode transformar uma boa oportunidade em algo ainda maior se souber se mostrar indispensável. E a grande vantagem dessas dicas é que todas elas dependem basicamente de mudanças de atitude e comportamento, algo que é positivo para a carreira dos indivíduos de forma geral”, completa Chana Vasco.

Fonte: Administradores

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários