Foram 30 dias de descanso, passeios com a família, viagens incríveis, mas chegou a hora de voltar ao trabalho. E agora? A volta à rotina é algo natural que todos os profissionais passam e que não precisa ser tratada como um bicho de sete cabeças. Muitas vezes, mesmo antes de as férias terminarem, o profissional já lamenta o fim.

De acordo com Carmem Lucia Rittner, professora do curso de psicologia da PUC-SP, esse sentimento é natural do ser humano. “A pessoa fica neurótica mesmo antes de voltar a trabalhar. É um mecanismo do homem se afastar de situações desagradáveis”, explica. Para que esse momento não seja desagradável e você volte das férias com o pique necessário para trabalhar, confira as 5 dicas abaixo.

1. Aceite que as férias acabaram

Pode parecer óbvio, mas a aceitação é o primeiro passo para seguir em frente com o trabalho. Por mais que as férias tenham sido boas, tenha em mente que um dia você terá que voltar ao trabalho. “Se você não se preparou para esse momento, o sentimento de voltar a trabalhar é péssimo”, afirma Rittner. Segundo Rittner, saber se adaptar aos “dois mundos” é uma característica muito importante para o profissional e a aceitação é essencial nesse processo de adaptação.

2. Foque nos pontos positivos e enfrente os negativos

Todo emprego conta com pontos positivos e pontos negativos. Para ter pique no pós-férias, pense naquilo que mais gosta no ambiente de trabalho. “Lembre dos colegas que vai rever, nos almoços, nas conversas. Para vencer a preguiça, pense no que o motive”, indica Beatriz Braga, professora de Gestão de Pessoas da FGV EAESP. Por outro lado, também é importante refletir sobre o que é negativo. Segundo a professora de psicologia, o profissional deve criar consciência do que o aborrece para minimizar os efeitos em si mesmo. “Identifique porque você está triste em voltar e enfrente esses problemas”, sugere.

3. Respeite seu ritmo

Não adianta querer voltar com tudo se você tem um perfil mais calmo. O mesmo vale para um ritmo lento se você é agitado. Na maioria dos casos, a vontade é chegar no trabalho e sair resolvendo tudo que ficou pendente, responder todos os e-mails e conversar com todos. Se você já tinha o costume de fazer muitas coisas em pouco tempo, sem problemas. Se você é daqueles que vai com mais calma e tranquilidade, também não há problemas. “Não é bom querer alterar perfil só para resolver tudo de uma vez. Siga sempre o seu ritmo”, aconselha Braga.

4. Invista em boas condições durante todo o ano

Voltar para a rotina é muito mais difícil quando as condições de trabalho não são boas. Ter um ambiente de trabalho agradável, organizado e limpo é fundamental para motivação dos funcionários. “Se você é empreendedor, invista em boas condições durante todo o ano. Não adianta ser uma medida só para o pós-férias”, comenta Braga. Se você é funcionário, manter sua mesa e agenda sempre organizadas pode fazer uma grande diferença na hora de voltar a trabalhar.

5. Trate do que é urgente

Na maioria das vezes, quando o profissional volta de férias encontra a caixa de entrada do e-mail lotada e muitas pendências. Assim que chegar, não se afobe tentando resolver tudo de uma vez. “Primeiro trate daquilo que é mais urgente. Apague os incêndios e depois volte à rotina”, diz Braga. Se você é gestor e seu funcionário voltou de férias, faça uma síntese de como estão os projetos principais para ele se situar. “Com isso, você reforça o vínculo e mostra a importância que ele tem para a empresa”, indica Rittner.

Fonte: PEGN

Grandes empresas estão buscando profissionais como você!
Sua vaga pode estar aqui! Clique aqui e boa sorte!
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários