A ideia é sempre sedutora, mas pode custar caro

Investir em si mesmo, arejar as ideias, preparar um salto na carreira: bons argumentos não faltam para tomar a decisão de tirar um período sabático dedicado ao estudo. O problema é que, muitas vezes, uma decisão como essa não vem acompanhada dos devidos cuidados. Lily Zhang, especialista em carreiras do Massachusetts Institute of Technology (MIT), recomenda cinco perguntas a serem respondidas antes de tomar essa decisão.

1. Estou realmente interessado?
Às vezes, a ideia de estudar surge do aborrecimento com o trabalho atual ou de falta de clareza sobre o futuro. Um período de estudo vai exigir muito, então é bom investigar minuciosamente o programa do curso e perguntar-se se aquilo realmente interessa.

2. O que pretendo alcançar com isso?
Cursos de pós-graduação não são “para ver no que dá”. Curtos e especializados, exigem que o aluno já comece concentrado num objetivo, para fazer o período render mais.

3. Minhas metas são realistas?
Converse com alunos e ex-alunos para saber o que eles viram e conseguiram com o curso. Procure saber se existem estatísticas de colocação no mercado.

4. Esse diploma será realmente necessário para fazer o que eu quero?
Um MBA é um passo importante para começar uma empresa ou um trabalho voluntário? Pesquise. Há campos de atividade em que a capacidade demonstrada na prática vale mais do que um título.

5. Quanto vai custar? O gasto vale a pena?
Aprender nunca é demais, mas isso não elimina a necessidade de encontrar meios para sustentar os estudos. A quitação futura de um crédito estudantil, por exemplo, precisa ser planejado antecipadamente. Calcule qual será o valor do salário que você espera receber depois de encerrado o período. Vai valer o esforço? Será suficiente para pagar as dívidas?

 

Fonte: Época Negócios
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários