Poucos de nós vão se tornar grandes gênios, mas buscar sempre o brilhantismo é importante

Darwin mudou o mundo da biologia. Einsten mudou o mundo da física. Thomas Edison mudou o mundo da tecnologia. Poucos de nós vão atingir este nível de brilhantismo e genialidade, mas todos queremos ideias melhores, soluções inovadoras e pensamento criativo além do normal. E, para alcançar, é necessário abraçar o gênio que existe em você.

Em um recente artigo para o Inc, Lolly Daskal falou sobre isso. Veja 5 dicas da escritora:

1 – Crie

Crie quantas ideias, alternativas e conjecturas forem possíveis: não se preocupe com a qualidade das suas ideias, mas com a quantidade. O tempo para selecioná-las virá depois, e mesmo que você jogue quase todas fora, tudo de que você precisa é uma só ideia brilhante.

2 – Não julge

Não importa quão estranhas ou selvagens pareçam suas ideias. Deixe que fluam. Para olhar outros assuntos com novos olhos é necessário tentar diferentes perspectivas até que você ache a que melhor irá servir. O objetivo é fazer com que os pensamentos corram, sem julgamentos.

3 – Faça uma lista

Escreva ou grave de alguma maneira todas as ideias, até as que não pareçam importantes. As mais terríveis ideias podem ter um elemento que você pode usar, ou seja, depois você pode usar essa lista para ligar os pontos.

4 – Melhore as ideias

Pense em variações das suas ideias, incorporando fatos aleatórios ou não relacionados. Procure formas alternativas de pensar sobre o assunto, mesmo que as formas antigas estejam funcionando bem.

5 – Deixe crescer

Ajuste sua agenda, deixe os pensamentos dentro de sua “incubadora mental”. Criatividade leva tempo. Trabalhe em um problema, gere ideias, e então afaste-se e faça algo completamente diferente. Não pense no problema por um tempo, pois, quando voltar, você pode se surpreender com o que seu subconsciente é capaz de fazer.

Fonte: Administradores

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários