Por Adeline Daniele

O ano está acabando e as metas para 2015 devem ser definidas.

Nas companhias, os profissionais começam a pensar no que fazer para alavancar a carreira e começar janeiro com o pé direito.

Para ajudar aqueles que ainda estão em dúvida sobre quais rumos tomar no próximo ano, a INFO conversou com o especialista em desenvolvimento de pessoas da Escola Cultman, Rogério Boeira, e com o sócio fundador da consultoria Hub Talent, Yuri Mansur, que respondem às principais dúvidas dos profissionais sobre esse assunto.

Confira:

Como pedir um aumento ou promoção de cargo

Uma das iniciativas mais comuns é querer começar um novo ano com um novo cargo ou um salário melhor.

No entanto, é preciso analisar alguns fatores antes de abordar o gestor com um desses objetivos.

“É preciso que o funcionário compreenda, em primeiro lugar, como funciona a política de remuneração da organização e conhecer sua real situação na empresa. Não se dá aumento real, superior à taxa de inflação ou promoção de cargo a alguém só por ele realizar bem suas tarefas”, afirma Rogério Boeira.

Outra recomendação de Boeira para que o profissional tenha certeza de que está pronto para uma promoção é analisar se ele realmente tem conseguido cumprir com suas responsabilidades com primazia.

“Depois disso, é fundamental que o profissional esteja preparado para assumir novas atribuições”, diz.

Ainda segundo o especialista, a melhor forma de abordar o chefe para pedir um reconhecimento é pedir a ele orientações sobre como é possível melhorar sua performance e resultados.

“É importante demonstrar que sua promoção ou aumento gerará lucros para a organização e não custos”, aconselha Boeira.

A hora certa de mudar de emprego

Segundo Yuri Mansur, não existe um momento certo para querer mudar de emprego. Para o especialista, é preciso aproveitar as oportunidades quando elas aparecem.

“Muitas empresas estão investindo em ‘employer branding’, uma aproximação entre as estratégias de marketing e RH para atrair, desenvolver e reter seus talentos. O profissional, do outro lado, deve fazer o mesmo: buscar empresas que tenham uma boa compatibilidade com ele”, afirma.

 

Desanimado com o trabalho?

A insatisfação no trabalho acaba levando muitos profissionais a desejarem um novo rumo no ano novo.

De acordo com Rogério Boeira, antes de conversar com um gestor a respeito do problema é preciso analisar se ele surgiu dentro do ambiente da empresa ou se é fruto das próprias limitações técnicas e emocionais do profissional.

“A partir dessa análise o profissional ele deve formular um meio de se reunir com seus superiores e trabalhar junto deles para encontrar soluções que melhorem a produtividade na empresa”, afirma.

Yuri Mansur também aconselha o funcionário a tentar buscar o que pode ser mudado dentro de seu trabalho para identificar o problema e melhorar seu desempenho.

“Os valores e a cultura de uma empresa, por exemplo, são fatores que o profissional não vai conseguir mudar”, diz Mansur.

Começando com o pé direito

Independentemente da resolução de ano novo definida por cada profissional, é preciso começar a agir logo para cumprir cada meta e colher os frutos mais tarde.

“O ambiente pós-festa é sempre mais moderado do que o de pré-festa, que é carregado de expectativas boas. Portanto, nada de ficar só no campo das ideias”, aconselha Rogério Boeira.

Boeira também alerta aos profissionais de que é preciso conhecer seus limites para ampliar responsabilidades e evoluir na carreira.

“Passe a separar um tempo do dia para escrever o que aprendeu naquela data e você notará o quanto pode ainda evoluir com uma postura mais aberta a adquirir conhecimento”, diz o especialista.

Yuri Mansur ainda afirma que participar de reuniões e eventos motivacionais que mostrem o plano de negócios e objetivos da companhia são atitudes essenciais para quem deseja estar sempre alinhado o setor onde trabalha.

“Meu conselho é que o profissional busque uma empresa ou um empreendimento onde ele acredite no negócio e possa fazer o que gosta. Com esses fatores alinhados, o resultado financeiro virá naturalmente”, afirma.

Fonte: Exame.com  | Info

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários